Nutrientes fundamentais: confira 5 dicas

27 de fevereiro de 2014 | Por admin

Repare no seu prato. Será que você se alimenta com todos os nutrientes necessários? Para isso, todos os grupos de alimentos precisam ser consumidos ao longo do dia, pois isso confere mais disposição e qualidade de vida. Hoje o Universo Jatobá traz cinco dicas fundamentais para que equilibrar o seu cardápio.

Entre os micronutrientes, que são os componentes necessários em quantias extremamente pequenas à manutenção das funções do organismo, as vitaminas do complexo B são fundamentais para a produção de energia, assim como o zinco, mineral importante para o metabolismo energético. O óleo de linhaça é uma boa opção.

Já no grupo de macronutrientes, componentes de fundamental importância para o organismo e responsáveis por fornecer 90% do peso seco da dieta e 100% de sua energia, a proteína representa grande importância. Ela exerce funções importantes no mecanismo de defesa, colabora com a produção de insulina, fortalece o colágeno da pele, das unhas e dos cabelos, e é fonte de energia.

A proteína é o principal componente funcional e estrutural de todas as células do corpo e seu consumo é essencial para manter a integridade e a função celular. Para que a atuação da proteína seja eficiente e adequada, ela deve ser consumida diversas vezes ao dia. “O ideal é que porções de proteína sejam divididas durante as refeições do dia. Isso contribui para o equilíbrio da alimentação, maior saciedade e melhor aproveitamento do nutriente pelo organismo”, explica Gisele Pavin, coordenadora de Saúde e Nutrição da Unilever.

Um dos alimentos mais eficientes para o consumo de proteína é a soja. Considerada um dos mais completos alimentos de origem vegetal, a soja apresenta proteína de alto valor biológico, e contém todos os aminoácidos essenciais e em quantidades suficientes para a digestibilidade.

Veja as dicas da nutricionista:

1 . Fracione a alimentação. Comer várias vezes ao dia, em pequenas porções, ajuda a manter a energia constante, acelera o metabolismo e evita a hipoglicemia (falta de açúcar no sangue), que pode causar fraqueza.

2 . O café da manhã é fundamental para proporcionar energia para o começo do dia! Durante a noite o corpo usa os estoques de energia para manter o organismo funcionado e esta energia precisa ser reposta. Que tal uma opção orgânica?

3 . Coma o mínimo de alimentos ricos em gordura possível para não ficar com aquela sensação de desânimo. Retire a gordura aparente das carnes, troque a manteiga pelo creme vegetal, evite frituras e massas folhadas.

4 . Os carboidratos complexos, como cereais integrais, arroz integral e farelo de trigo, proporcionam a liberação de energia de forma mais gradativa, pois contêm mais fibras. Portanto, seu consumo proporciona mais disposição ao longo do dia.

5 . Inclua soja na dieta. A soja pode ser facilmente incorporada a uma alimentação saudável de diferentes formas, como grãos cozidos, em saladas ou refogados, como hambúrguer, legumes recheados, estrogonofe, lasanha e bebidas à base de soja, que também são fonte de vitaminas e minerais, importantes para o fornecimento de energia.

Não sabe por onde começar? Consulte o seu nutricionista.

Fonte: Universo Jatobá

Certificados e Prêmios



Realizações Cemara
Realizações Cemara
Realizações Cemara
Realizações Cemara