Como trocar o chuveiro sozinho e com segurança?

8 de abril de 2020 | Por cemara

O isolamento social nos obriga a manter o distanciamento de outras pessoas. Nesses momentos refletimos o quanto somos dependentes dos outros, não é mesmo? Essa é a oportunidade de você aprender novas habilidades e colocar a mão na massa! Que tal começar com a instalação do chuveiro? Confira o passo a passo!

PRIMEIRO PASSO:

Antes de iniciar, é necessário ir às compras. É isso mesmo. Tenha em mãos tudo que você vai precisar: chave de fenda, fita isolante e fita veda-rosca. Além de, é claro, a peça nova.

Para uma boa instalação de chuveiro é preciso comprar aquela peça que melhor atende as necessidades da sua casa. São vários os tipos e modelos que variam de acordo com vazão da água, pressão, gasto de energia e qualidade do material. Essas questões estão relacionadas ao relaxamento e conforto na hora do banho, então vale colocar na ponta do lápis para saber o quanto você quer gastar. Chuveiros com mais vazão e pressão, são aqueles que oferecem mais água em menos tempo – normalmente são usados também para relaxar após um dia longo.

A única questão que você não pode ir contra é a da voltagem. É necessário ter conhecimento prévio de qual a voltagem correta do seu chuveiro. Caso tenha dúvidas, cheque a peça antiga, essa informação normalmente está gravada na parte inferior do equipamento.

Lembre-se: não é possível fazer instalação de um chuveiro 110v em uma fiação 220v – ou vice-versa. Tenha cuidado e atenção aos detalhes!

SEGUNDO PASSO:

Antes de iniciar a retirada do chuveiro antigo, tome providências de segurança. Ou seja, desligue o registro e a energia – isso impedirá o fornecimento de água e eletricidade para o equipamento e manterá você livre de acidentes.

TERCEIRO PASSO:

Retire o equipamento antigo. Inicie pelos fios acima da peça, que estão conectados por fita isolante. Retire-as. Use a chave de fenda para desconectar todas as ligações elétrica de cabos e fios. Ao total, são três fios: dois para a rede elétrica e um para frio terra (que é fácil ser identificado, pois obrigatoriamente é da cor verde).

Após soltar todos os fios, puxe o chuveiro com delicadeza (alguns são necessários desrosquear). Evite aplicar muita força, pois pode danificar o cano.

Ao terminar de mover o equipamento velho, utilize a fita veda-rosca para isolar o cano que sai da parede. Especialistas indicam que é necessário de 7 a 10 voltas da fita no sentido horário, para evitar que ocorram vazamentos.

QUARTO PASSO:

Chegou a hora de instalar o novo chuveiro! Com a chave de venda, parafuse todos os fios no conector, apertando-os para certificar de que estão bem apertados. É necessário tomar o devido cuidado, caso fique “frouxo”, o frio pode apresentar problemas de conexão, o que acarreta o desligamento do disjuntor e, consequentemente, a queda de energia da casa toda.

Após apertar os fios, vede todas as conexões com fita isolante. Coloque o chuveiro na parede, tomando o devido cuidado para não danificar o cano – que você já vedou no passo anterior, ou seja, está preparado para receber a nova peça.

Depois de terminar toda a ligação, plugue a mangueirinha na base do chuveiro. Cada marca possui uma especificação correta e uma forma única de fazer fixar corretamente a mangueira, por isso consulte o manual de instruções que veio junto com o chuveiro.

QUINTO PASSO:

Abra o registro e deixe a água correndo por alguns minutos. Observe, com cuidado, toda a extensão do chuveiro e mangueira, para notar se há vazamentos. Em caso positivo, volte a fechar o registro, remova o chuveiro e refaça os procedimentos acima, dando atenção especial à vedação – aplicando mais força nos conectores e mais fita veda-rosca no cano.

Caso não tenha vazamentos, aguarde mais alguns minutos da água correndo, para garantir a passagem de água por toda a extensão do equipamento. Isso é necessário para evitar que a resistência queime assim que a energia for religada.

Desligue o chuveiro. Religue a chave da energia elétrica e volte a ligar o chuveiro – agora ele estará funcionando perfeitamente, tanto no modo “inverno” quanto no “verão”.

Parabéns, você instalou sozinho – e com segurança – um chuveiro!

GOSTOU DESSA MATÉRIA?

Compartilhe com os amigos! Acompanhe-nos no Facebook para receber mais dicas e novidades. E não se esqueça de sempre visitar o nosso blog, que está em constante atualização.

Até a próxima!

Certificados e Prêmios



Realizações Cemara
Realizações Cemara
Realizações Cemara
Realizações Cemara