Mostrando posts da categoria: Loteamento em Piracicaba


Plateia atravessa o rio Piracicaba no espetáculo Travessias, do Grupo Forfé de Teatro

29 de agosto de 2014 | Por admin

Travessias

Na plateia, homens e mulheres são divididos para escutar a história de um grupo de guerreiras que lutam para se proteger da violência a partir da construção de uma sociedade feminina. No novo espetáculo do Grupo Forfé de Teatro, esse mito permite a divisão do público, oferecendo uma sensação de imersão ao que está sendo narrado.

A história é contada de maneira poética. A montagem está sendo encenada aos sábados e domingos, sempre às 19h, até final de setembro, nos arredores da Casa do Povoador.

Travessias oferece a experiência de assistir um espetáculo ao ar livre. A plateia ainda passeia de barco, atravessando o rio Piracicaba, para ver a segunda parte do espetáculo no Engenho Central. A entrada é gratuita. A peça tem apoio cultural do Jornal de Piracicaba e Revista Arraso.

O espetáculo integra o Projeto Véus d’Aldeia, contemplado com o Edital do ProAC (Programa de Ação Cultural) 2013, da Secretaria de Cultura, com apoio da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural).Jornal de Piracicaba e Revista Arraso apoiam as apresentações.

Segundo o diretor do Forfé, Felipe de Menezes, em Travessias, cinco mulheres habitam um lugar mítico, onde não existem homens.

Memória e questionamento narram este fato, levantando possibilidades sobre a convivência com o outro. “A montagem do texto foi encomendada a um dramaturgo paulistano, o Tadeu Renato. Ele já havia escrito o Comurba e gostamos muito da parceria”.

Menezes ainda explicou que o espetáculo foi construído a partir da leitura e análise ativa, assim foram moldando as cenas. “Experimentando os símbolos, objetos e partituras de atuação. No final das cenas levantadas, a direção foi moldando tudo em torno de um conceito”, afirmou.

SERVIÇO — Espetáculo Travessias, do Grupo Forfé de Teatro. Sábados e domingos — exceto dias 30 e 31 de agosto e 20 de setembro —, sempre às 19h, até de 28 de setembro, na Casa do Povoador (avenida Beira Rio, 844). Classificação: 16 anos. Ingressos gratuitos — serão distribuídos apenas 28 ingressos por sessão. Em caso de chuva, não haverá apresentação. Informações: forfeteatro@gmail.com.

Fonte: Jornal de Piracicaba 



41º Salão Internacional de Humor de Piracicaba

20 de agosto de 2014 | Por admin

De 23 de agosto a 12 de outubro 2014

CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO – Dia 23 de agosto (sábado). Horário: 19h30. Local: Teatro Erotides de Campos/Parque Engenho Central. Convites limitados, disponíveis na bilheteria do teatro a partir de 22/08, horário comercial. Em seguida abertura da exposição dos trabalhos selecionados e mostras paralelas – cartuns, charges, caricaturas, HQ/tiras de artistas brasileiros e estrangeiros. Visitas: de quarta a sexta, das 10 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10 às 20h.

BATOM, LÁPIS & TPM – Seleção de desenhos de mulheres cartunistas participantes da mostra anual realizada em março, como proposta de reflexão e comemoração do Dia Internacional da Mulher. De 23 de agosto a 12 de outubro.Local: Parque Engenho Central. Visitas: de quarta a sexta, das 10 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10 às 20h.

FOTOCARTUNS A MODA ANTIGA – O cartunista belga O-Sekoer, conhecido e premiado nos grandes festivais de humor ao redor do mundo, apresenta uma coletânea de fotos transformadas em engraçados cartuns. De 23 de agosto a 12 de outubro. Local: Armazém 14 – Parque Engenho Central. Visitas: de quarta a sexta, das 10 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10 às 20h.

ILHAS FLUTUANTES – Cartuns, caricaturas e ilustrações da desenhista colombiana Elena Ospina – interessantes comentários visuais sobre os “absurdos e o outro lado” das situações humanas corriqueiras. De 23 de agosto a 12 de outubro. Local: Armazém 14 – Parque Engenho Central Visitas: de quarta a sexta, das 10 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10 às 20h.

TRAÇO E RISO – Conjunto de cartuns e charges do piauiense José Antonio Costa, o Jota A. Dono de um traço inconfundível é um dos cartunistas brasileiros mais premiados em salões de humor no Brasil e  no mundo. De 23 de agosto a 12 de outubro. Local: Armazém 14 – Parque Engenho Central. Visitas: de quarta a sexta, das 10 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10 às 20h.

COMO ESTOU DIRIGINDO – COMO ESTOU DIRIGINDO – O governo Dilma no traço de Claudio de Oliveira, chargista do jornal Agora e autor dos livros O que vier eu traço (1988); Já era Collor, em co-autoria (1992); Pittadas de Maluf, premiado com o troféu HQ Mix como melhor livro de charges de 1998; Lula Ano Um (2004) e Pizzaria Brasil (2007) e ganhador do Prêmio Vladimir Herzog, de 1996, na categoria. Local: Armazém 14 – Parque Engenho Central. Visitas: de quarta a sexta, das 10 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10 às 20h.

PAINEL MICROCONTOS EM BRAILLE – Reprodução das obras premiadas e algumas selecionadas do 4º Concurso de Microcontos de Humor de Piracicaba/2014 com destaque para as respectivas versões em Braille. De 23 de agosto a 12 de outubro. Local: Armazém 14 – Parque Engenho Central. Visitas: de quarta a sexta, das 10 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10 às 20h.

BRASIL E OUTROS 500 ATRAVÉS DA CARICATURA – Trabalhos do paraibano Fred apresentando um panorama de acontecimentos marcantes da história brasileira, utilizando o desenho de humor. De 23 de agosto a 12 de outubro. Local: Armazém 09 – Parque Engenho Central Visitas: de quarta a sexta, das 10 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10 às 20h.

LIBERDADE, IGUALDADE E FRATERNIDADE – Mostra de desenhos selecionados para o PORTOCARTOON 2013, um dos grandes concursos de humor gráfico europeu. De 23 de agosto a 12 de outubro. Local: Armazém 09 – Parque Engenho Central. Visitas: de quarta a sexta, das 10 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10 às 20h.

MILLÔR, EM BUSCA DA IMPERFEIÇÃO – Seleção de trabalhos gráficos de um dos maiores artistas e escritores brasileiros, o carioca Millôr Fernandes (1923-2012). As reproduções fazem parte do DVD de mesmo nome, produzido em 1999 por Neder Associados abrangendo charges, ilustrações e textos de poesia e teatro do autor. De 23 de agosto a 12 de outubro. Local: Armazém 09 – Parque Engenho Central. Visitas: de quarta a sexta, das 10 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10 às 20h.

HUMOR NOS ANOS DE CHUMBO – Seleção de charges abrangendo os acontecimentos do período da ditadura militar brasileira, entre 1964 e 1985, publicados no Jornal “Folha de S. Paulo”. Local: Armazém 09 – Parque Engenho Central.Visitas: de quarta a sexta, das 10 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10 às 20h.

AINDA NÃO FOI DHEXA VEZ – Cartuns e charges de Fausto Bergocce sobre a Copa do Mundo. O cartunista que assistiu e acompanhou o torneio, elaborou uma interessante série de desenhos a partir do resultado final de cada jogo disputado. De 23 de agosto a 12 de outubro. Local: Armazém 09 – Parque Engenho Central Visitas: de quarta a sexta, das 10 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10 às 20h.

12º SALÃOZINHO DE HUMOR DE PIRACICABA – Exposição de trabalhos selecionados para o concurso de cartuns, charges, tiras e caricaturas para o público estudantil entre 07 e 14 anos. Local: Armazém 14A – Parque Engenho Central.Visitas: de quarta a sexta, das 10 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10 às 20h.

PONCIANO MOSTRA TUDO – Retrospectiva do desenhista gráfico Daniel Ponciano com charges, cartuns, ilustrações e tiras. De 28 de agosto a 12 de outubro. Abertura: dia 28 de agosto (quinta), às 19h30. Local: Museu H. P. Prudente de Moraes. Visitas: de terça a domingo, das 9 às 17h.

O MEIO AMBIENTE NO SALÃO DE HUMOR DE PIRACICABA – Conjunto de cartuns que abordam conteúdos ligados a questão ambiental. De 01 de setembro a 01 de outubro. Local: calçada do Pavilhão de Ciências Humanas do Depto. de Economia, Administração e Sociologia da ESALQ/USP. Vistas: diariamente das 8 às 18h.

TIRAS E HQs DO SALÃO DE PIRACICABA – Conjunto com as melhores tiras e quadrinhos selecionados nas edições de 2012 e 2013 no Salão Internacional de Humor de Piracicaba – De 04 a 30 de setembro. Local: Câmara Municipal de Piracicaba, no hall de exposições. Visitas: segunda a sexta, das 8 às 17h. Domingos e feriados, das 10 às 20h.

DE MÉDICO E CARTUNISTA TODO MUNDO TEM UM POUCO – Cartuns do desenhista gaúcho – e médico nas horas vagas, Ronaldo Cunha Dias. Conhecido simplesmente como Ronaldo o cartunista é veteranos de participações e premiações nos principais eventos de humor gráfico do mundo. De 29 de setembro a 31 de outubro. Local: Hospital UNIMED Piracicaba. Visitas: diariamente das 8 às 18h.

A ARTE DE IGOR BRAGAIA – Retrospectiva da produção artística do artista abrangendo pinturas clássicas, ilustrações e caricaturas. De 26 de setembro a 26 de outubro. Local: Casa do Povoador. Visitas: segunda a sexta das 8 às 17h. Sábado, domingo e feriado: das 12 às 18h.

 

ESPECIAL

KKK KAFÉ – Espaço gourmet no Salão de Humor. Local: restaurante do Teatro Erotides de Campos/Engenho Central. Atendimento aos sábados, domingos e feriados. Coordenação: Lar Franciscano de Menores e APASPI (Associação de Pais e Amigos dos Surdos de Piracicaba).

III CAMINHADA COM HUMOR – Encontro e passeio pela margem esquerda do Rio Piracicaba. Evento aberto a confraternização e conscientização da importância da prática do bom humor. Concentração na área livre próxima ao Salão Internacional de Humor de Piracicaba no Engenho Central. Dia: 31 de agosto (domingo), a partir das 8h30. Participação gratuita.

V FESTIVAL PAULISTA DE CIRCO – Evento com participação de grandes elencos circenses com espetáculos para todas as idades.  De 28 a 31 de agosto.  Local: Parque Engenho Central. Ingressos gratuitos.

 

WORKSHOP

CARICATURA A ARTE DO EXAGERO – Coordenação: Luiz Gustavo Paffaro (PAFFARO). Dia: 30 de agosto (sábado), 9h às 13h. Público: interessados com aptidão para o desenho ou alguma experiência prévia, a partir de 14 anos. Inscrições: 15/7 a 27/8. Local: CEDHU – Centro Nacional de Documentação, Pesquisa e Divulgação do Humor Gráfico de Piracicaba. O workshop objetiva mostrar aos participantes, subsídios e dicas de como fazer caricaturas através das formas geométricas, bonequinhos de expressão, técnicas de esboço, visualização e outras artimanhas simples e divertidas. Realização do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Estado da Cultura, através da POESIS – Organização Social de Cultura e Oficina Cultural Carlos Gomes, Unidade do Projeto Oficinas Culturais em parceria com a Secretaria da Ação Cultural/Prefeitura de Piracicaba.

ILUSTRAÇÃO DIGITAL, DO LAY-OUT A COLORIZAÇÃO – Coordenação: Rafael de Latorre e Marcelo Maiolo. Aula demonstrativa sobre criação de personagens em processo digital. Público: interessados na área de quadrinhos com alguma experiência prévia, a partir de 10 anos. Inscrições: até 04/09. Local: CEDHU Piracicaba.  Dias 06 e 13 de setembro (aos sábados) das 14 às 17h.

O QUE DESENHA O DESENHO? Oficina de desenho e caricatura para estudantes entre 07 e 12 anos. Coordenação da artista plástica e arte educadora Belê. De 07 de setembro a 12 de outubro, sempre aos domingos. Horário: das 14 às 17h.Local: tenda externa ao lado da exposição do 14º Salãozinho de Humor de Piracicaba (Armzém 14 A, saída da passarela pênsil).

CONVERSA COM ERASMO SPADOTTO – Encontro com o desenhista do Jornal de Piracicaba para mostrar o dia a dia do seu trabalho na produção de charges, caricaturas e ilustrações dentro da redação de um jornal impresso. Agenda prévia estabelecida em parceria com a Diretoria de Ensino/Região de Piracicaba.

Teatro | Projeto “Diversão em Cena”. Apoio: ARCELOR MITTAL.

PÉS DESCALÇOS – Dia 24 de agosto, com Morpheus Teatro. Local: Teatro Erotides de Campos – Engenho Central.Horário: 16h.

DESCONFORTO, um espetáculo de mágicas clownescas – Dia 31 de agosto, com Patafísica Cia. Local: Estação Paulista.  Horário: 16h.

CANTE COM PEIXONAUTA – Dia 07 de setembro, com Pia Fraus. Local: área externa do Teatro Erotides de Campos/Engenho Central. Horário: 16h.

RAPUNZEL – Dia 14 de setembro, com Le Plat du Jour. Local: Teatro Erotides de Campos – Engenho Central.  Horário: 16h.

PRA ONDE VÃO AS BOLHINHAS DE SABÃO? – Dia 21 de setembro, com Canto Cidadão. Local: Teatro Erotides de Campos – Engenho Central. Horário: 16h.

OS SALTIMBANCOS – Dia 28 de setembro, com Raffani Produções Artísticas. Local: Teatro Erotides de Campos – Engenho Central. Horário: 16h.

A VOLTA AO MUNDO EM 80 DIAS – Dia 05 de outubro, com Cia. Articularte, teatro e bonecos. Local: Teatro Erotides de Campos – Engenho Central. Horário: 16h.

BRANCA DE NEVE E OS SETE ANÕES – Dia 12 de outubro, com Raffani Produções Artísticas. Local: Teatro Erotides de Campos – Engenho Central. Horário: 16h.

 

LIVROS

VERONEZI É 10! – Charges, caricaturas, Ilustrações e infográficos do cartunista Luciano Veronezi produzidos ao longo de dez anos de atividades na área do desenho gráfico. Com prefácio de Paulo Caruso, o livro mostra um panorama do desenvolvimento da carreira profissional do cartunista. Lançamento dia 23 de agosto. Horário: 20h. Local: Armazém 14 – Parque Engenho Central.

CÁXARA DE FORFE – Edição do Salão Internacional de Humor de Piracicaba, com trabalhos comentados do acervo de 40 anos de realização do evento. Vários autores, coordenação de Adolpho Queiroz. Lançamento dia 11 de outubro. Horário: 19h. Local: Armazém 14 do Parque Engenho Central.

Fonte: Salão de Humor

 



Festival Paulista de Circo será entre 28 e 31 de agosto em Piracicaba

8 de agosto de 2014 | Por admin

Respeitável público! A sétima edição do Festival Paulista de Circo, promovido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, chega a Piracicaba e convida o público a imergir no universo circense de 28 a 31 de agosto, no Engenho Central. São 52 atrações, entre os 189 inscritos que foram selecionados. A entrada é gratuita.

O público poderá conferir a atual produção do circo no Brasil e exterior, por conta da troca de experiências entre as diferentes vertentes da tradição milenar.

Na sexta (29/08), as apresentações, das 10h às 14h, são exclusivas para alunos de escolas públicas de Piracicaba.

As várias linguagens do circo contemporâneo e tradicional se encontram nos espetáculos. Eles são os Cabarés, ou Circo de Variedades, como também são conhecidos, e reúnem artistas de referência, como Bruno Edson que, aos 73 anos, faz equilíbrio de pratos, e Rokan, o mágico dos dedos de ouro, ambos do circo tradicional.

Também se apresentam Paulo Maeda, com a parada de mão, e Ana Coll e Kadu Mendes, no double trapézio.

Na lira tem Mariana Maekaw, que acabou de chegar do Cirque du Soleil.

Durante os quatro dias de evento, os tradicionais Circo Spacial, Arena e Fiesta também tomam o picadeiro do Festival.

Os artistas se apresentam nas lonas Piolin e Pimentinha, no palco Figurinha, em espaço destinado para números aéreos e no Globo da Morte.

Quem estiver circulando pelo Engenho ainda poderá ser surpreendido por artistas em pernas de pau, malabaristas e palhaços.

Para o público ainda tem feira com produtos circenses, praça de alimentação com características de circo, além de foodtrucks (negócio gastronômico sobre rodas).

Para os artistas, o evento tem palestras de qualificação.

PROGRAMAÇÃO — Com uma programação recheada, neste ano, o Festival realiza uma residência artística para mulheres circenses, com direção de Erica Stopel, do Circo Zani, e Lu Lopes, do Palhaça Rubra.

O espetáculo Variedade Feminina, resultado dessa experimentação, abre o Festival na quinta (28/08), às 20h.

Atento ao que o mundo circense está produzindo, o evento apresenta na sexta (29/08), às 20h30, e no sábado (30/08), às 15h, o frescor dos canadenses da Flip FabriQue, companhia originária da Escola de Circo de Quebec.

Os artistas acrobatas vêm pela primeira vez ao Brasil para apresentar Attrape-Moi, marcado pelo alto nível técnico e variedade de linguagens. No picadeiro, a plateia verá números como o mastro chinês raro no país, bambolê e trapézio.

Do Chile, o festival traz o excêntrico musical Oscar Zimmermann, um dos principais nomes da arte do palhaço na América Latina, com o espetáculo Viaje, no sábado (30/08), às 20h.

O evento é realizado pela APAA (Associação Paulista dos Amigos da Arte), correalizado pela Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural), em parceria com a Cooperativa Brasileira.

SERVIÇO — 7º Festival Paulista de Circo. De quinta-feira (28/08) a domingo (31/08). Local: Av. Maurice Allain, 454, Parque do Engenho Central.

Fonte: Jornal de Piracicaba



Piracicaba completa 247 anos com cara de interior e jeito de cidade grande

1 de agosto de 2014 | Por admin

São 247 anos completados nesta sexta-feira (01/08). São 369.919 habitantes. Piracicaba comemora mais um aniversário e presencia um momento de evolução, destaque e desenvolvimento, sem deixar seu jeito interiorano e receptivo de ser.

Entre os bairros urbanos e rurais e os distritos, o amor pela cidade é notório e, como diria Dominguinhos: “quem tá fora quer entrar, mas quem tá dentro não sai”.

O crescimento da cidade em torno do Rio Piracicaba se expandiu durante esses anos e todos os bairros têm suas histórias para contar.

De acordo com o historiador da Câmara de Vereadores Fábio Bragança, a região central é a mais antiga da cidade.

“Ali a povoação se estabeleceu e se desenvolveu às margens do Rio Piracicaba. Os bairros mais antigos são o Centro, incluindo a Rua do Porto; Vila Rezende (apenas a parte mais próxima do rio), Cidade Alta e Clube de Campo, cujo desenvolvimento começou a partir de quando a cidade se expandiu além do córrego do Itapeva”, explicou.

Bragança também contou que não é difícil entender o desenvolvimento territorial da cidade. “Assim como a maioria dos povoados e vilas, Piracicaba se estabeleceu à margem de um rio, que servia tanto para navegação como para abastecimento, plantio e sustento. Sendo assim, a fixação de povoação às margens de rios é algo estratégico e necessário.”

Piracicaba, segundo o historiador, iniciou-se na margem do lado da Vila Rezende e passou a ocupar oficialmente o lado do atual Centro, em 1784.

Na ocasião, foi apresentado um plano de arruamento e organização territorial, que compreende a atual localização da Praça Central (José Bonifácio), como ponto de destaque a Catedral, sede do poder religioso.

E foi ali, na praça, que se instalou a primeira Câmara de Vereadores, sede do poder administrativo. Essa configuração foi base para o desenvolvimento da cidade (na época chamada de Vila Nova da Constituição), que ocorreu em torno desse pequeno centro urbano.

“Um segundo momento de crescimento de Piracicaba é quando a cidade transpõe os limites do Córrego Itapeva (hoje avenida Armando de Salles Oliveira). A partir daí temos o crescimento das regiões Cidade Alta, Clube de Campo, São Dimas, Cidade Jardim, São Judas. E, mais adiante, após a construção da Estação da Paulista, tem-se o desenvolvimento da Paulista e Pauliceia. Ao mesmo passo, acontece o desenvolvimento do lado da Vila Rezende: Jardim Monumento e Nhô Quim. Ou seja, o surgimento de novos bairros, longe do perímetro central marca a nova fase de desenvolvimento da cidade, como processo mais recente. Assim, constitui-se a parte mais antiga da cidade a região central e, a parte mais nova, os bairros mais afastados, reservando as características do processo, como os bairros/distritos criados para serem industriais e os loteamentos fechados, exclusivamente residenciais.”

Se o mapa de crescimento e ocupação geográfica da cidade for analisado, é possível notar que cada bairro teve seu momento impulsionado pelo cenário de desenvolvimento da época; inicialmente pela fundação, mais adiante pela ocupação de territórios próximos ao Centro, seguido da ocupação de novos territórios impulsionada pela chegada da ferrovia e, mais recentemente, a instalação dos distritos industriais e o surgimento de loteamentos próximos a esses distritos.

“Cada momento de ocupação territorial tem o seu fator econômico do momento aliado.”

PIRACICABA EM NÚMEROS — Contando o perímetro urbano de Piracicaba, a cidade contabiliza 64 bairros, segundos dados do Ipplap (Instituto de Pesquisas e Planejamento de Piracicaba), com base no IBGE.

Entretanto, cada bairro contém ainda outros pequenos bairros ou loteamentos. O mais populoso da cidade, atualmente, é o Vila Sônia (região norte) com 23.350 habitantes, seguido pelo Água Branca (região sul), com 21.388 habitantes.

Entre os bairros com menos número de moradores, estão Agronomia (região leste), com 48 habitantes, e Água Santa (região norte), com 104.

Entre os distritos, Santa Teresinha é o mais populoso, com 49.298 habitantes; o menos povoado, é o Guamium, com 614.

Três bairros mais populosos da cidade por região

Região Norte

Vila Sônia – 23.350 habitantes

Mário Dedini – 16.654 habitantes

Santa Teresinha – 9.030 habitantes

Região Sul

Água Branca – 21.388 habitantes

Pauliceia – 12.661 habitantes

Monte Líbano – 10.969 habitantes

Região Leste

Morumbi – 9.348 habitantes

Pompeia – 9.031 habitantes

Cecap – 6.920 habitantes

Região Oeste

Vila Cristina – 14.436 habitantes

Novo Horizonte – 8.840 habitantes

Jardim Planalto – 5.490 habitantes

Região Central 

Centro – 13.108 habitantes

Cidade Alta – 13.049 habitantes

Nova Piracicaba – 7.229 habitantes

 

Fonte: Jornal de Piracicaba 



Acervo do Salão de Humor circula por seis cidades

18 de julho de 2014 | Por admin

Parte do acervo de cerca de 400 desenhos de todos os tempos do Salão Internacional de Humor de Piracicaba começa a circular por cidades do interior do Estado de São Paulo a partir da semana que vem.

A estreia é dia 22, quando entra em cartaz na Casa da Cultura da cidade de Pedregulho a exposição Esta Sala é Uma Piada, reunindo 36 charges e desenhos selecionados na 40ª edição do salão, sob o tema Manifestações das Ruas de 2013.

A mostra é itinerada pelo Sistema Estadual de Museus (Sisem-SP) e integra a parceria existente há três anos entre a Semac (Secretaria Municipal de Ação Cultural de Piracicaba) e o Museu da Língua Portuguesa para este projeto.

Além de Pedregulho, no segundo semestre deste ano a exposição percorrerá outras cinco cidades da região, sendo elas Ituverava, Ribeirão Corrente, Batatais, Orlândia e São Joaquim da Barra.

A secretária da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural), Rosângela Camolese, afirma que a finalidade dessa parceria é levar o Salão e todo seu conteúdo artístico e cultural antes com acessibilidade mais limitada à capital paulista ao maior número possível de pessoas, ampliando a visibilidade das artes gráficas por todo o país e incluindo não apenas cidades do interior, mas as de litoral também.

O cartunista e produtor cultural do Cedhu (Centro Nacional de Humor Gráfico de Piracicaba), Eduardo Grosso, destaca que a exposição apresenta trabalhos premiados e é importante pela visibilidade que proporciona ao próprio Salão.

“Essa parceria com o Sisem é bastante interessante. Primeiro, colocaram a mostra em São Paulo e depois aproveitaram toda a produção do material para circular por outras cidades. Recebemos muitas solicitações de cidades requisitando o acervo e ao longo do ano é comum fazermos com que isso aconteça”, informou.

O Sisem-SP é um sistema que congrega e articula os museus do Estado com o objetivo de promover a qualificação e o fortalecimento institucional em favor da preservação, pesquisa e difusão do acervo museológico paulista.

HISTÓRICO — O Salão Internacional de Humor de Piracicaba foi criado em 1974, em plena ditadura militar, como forma de protesto, por um grupo de jornalistas, artistas e intelectuais da cidade.

Com o apoio de importantes cartunistas brasileiros, como Millôr Fernandes, Zélio, Ziraldo, Jaguar e Fortuna, foi projetado nacionalmente e também no exterior.

No ano passado, foi realizada a 40ª edição, a maior de sua história, com 442 desenhos.

SERVIÇO — A exposição Esta Sala é Uma Piada acontecerá de 22 de julho a 8 de agosto, na Casa de Cultura de Pedregulho (praça Luiz Sávio, s/nº, no Centro), com apoio da prefeitura daquele município e da Associação Paulo Duarte. A entrada será gratuita e a visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 17h. Informações: (16) 3171-3219 ou no site www.sisemsp.org.br.

Fonte: Jornal de Piracicaba 



7º Minas Fest

4 de julho de 2014 | Por admin

minas fest]

Dias 02, 03, 04, 05 e 6 julho no Engenho Central.

Shows
Exposições e muito mais novidades sobre a cultura mineira.

Missão
Desde 2003, o vereador João Manoel dos Santos, atual presidente da Câmara Municipal de Piracicaba e a senhora Ivete Madeira (in memória), idealizaram a criação de uma entidade que pudesse representar e amparar os mineiros na Cidade.

Assim, em 2008, foi fundada e constituída a AMIPI – Associação dos Mineiros de Piracicaba. A primeira ação da entidade foi lançar o projeto “Minas Fest”, o evento foi realizado no Clube do Sindicato de Alimentação, o qual explorou as tradições da culinária mineira e contou com a participação de aproximadamente 1000 pessoas.

Já em 2009, a 2ª edição da “Minas Fest” foi realizada na Estação Paulista e contou com um público de15.000 pessoas, a festa foi ganhando grande proporção que a partir da 3ª edição (2010), passou a ser realizada no Engenho Central. No ano passado o evento surpreendeu as expectativas da organização e dos colaboradores, pois em três dias de festa a 4ª “Minas Fest”, recebeu um público de 70 mil pessoas.

Esse ano o evento vem com várias novidades, será realizada no Engenho Central com o tema “Estrada Real” e irá explorar a história das cidades que compõe o circuito, as paisagens, o artesanato, a música, as tradições através das diversas manifestações culturais. A culinária é outro expoente da festa, onde não pode faltar o feijão tropeiro, grande variedade de cachaça e pinga direto do alambique, além do chá de amendoim, pequi e uma variedade de doces, bem como o famoso queijo mineiro.

Além da praça de alimentação com as barracas típicas de comes e bebes, terá também um espaço cultural com artesanato e souvenires e um palco para apresentações artísticas e musicais.

Descrição
Com objetivo de desenvolver um trabalho de socialização e integração entre as famílias e manter vivas as tradições mineiras.
Culinária Tipica, Shows, cultura mineira, praça de alimentação, artesanato, exposições e muito mais!

Fonte: Minas Fest Facebook



Mercado Municipal de Piracicaba: uma história de esforço e conquistas

27 de junho de 2014 | Por admin

No mês de Julho comemora-se o 126º aniversário do Mercado Municipal de Piracicaba. Vamos conhecer um pouco mais sobre esse patrimônio cultural?

Foto

A história do Mercado Municipal de Piracicaba teve início com o editorial do Jornal “Gazeta de Piracicaba”, do dia 12 de agosto de 1882, escrita pelo proprietário do órgão na época, Joaquim Borges da Cunha. O texto a seguir consta no editorial mencionado: “O mercado é a expressão viva e característica do movimento da indústria e do comércio e, portanto, um dos elementos do progresso material e moral das cidades populosas”.

Tal solicitação foi direcionada a Câmara, porém não foi atendida. A construção do mercado tinha como objetivo proporcionar aos piracicabanos um local que pudesse reunir produtos para atender os lares e as necessidades alimentares, o que, até então, era feito de porta em porta

Em 12 de março de 1884, Joaquim da Cunha voltou a escrever em seu editorial, e, dessa vez, encontrou um colaborador: o vereador Dr. Manoel de Moraes Barros, que propôs a Câmara atender a questão

Após diversos obstáculos, entre eles idas e vindas na Câmara para aprovação da proposta e para a definição do local em que a construção seria realizada, definiu-se que o mercado municipal seria instalado na Rua do Comércio, esquina com a Rua Esperança (atual Rua Governador Pedro de Toledo, esquina com a Rua D. Pedro I). Em seguida à negociação com os proprietários do terreno, D. Maria Josefa de Camargo e Sr. João Conrado Engelberg, iniciaram-se os processos de construção, sob a direção do Eng˚ Miguel Asmussen.

Em março de 1887 estava pronto o edifício do mercado municipal, contudo, só poderia ser entregue ao público após a elaboração do regulamento, que deveria ser aprovado pela “Assembleia Provincial” e levou aproximadamente um ano e meio. Assim, a inauguração do mercado aconteceu no dia 05 de julho de 1888, sem que houvesse nenhuma solenidade.

Atualmente

O Mercado Municipal tem uma história que se mistura com a de Piracicaba, mostrando a força que a impressa tinha já naquela época, além do interesse da população em ter esse benefício, já que o jornal retratava a necessidade dos moradores piracicabanos.

A longa trajetória do mercado municipal de Piracicaba permitiu que a cidade se consolidasse, além de oferecer aos habitantes uma grande variedade de produtos, os quais podem ser encontrados em diversos boxes — que lá estão há décadas e, até mesmo, séculos —, cujas atividades são, por vezes, continuadas pelos familiares dos comerciantes. Nesse sentido, o mercado municipal de Piracicaba é uma grande família.

Desde sua fundação, o mercado municipal é um ponto escolhido pelo público da cidade e da região, assim como por turistas, pelo fato de ser considerado um marco comercial de Piracicaba e por oferecer produtos diferenciados, raros e de excelente qualidade. Trata-se de um centro de compras completo, com horti-frutis, açougues, mercearias, pastelarias, docerias, peixaria, especiarias, gastronomia, floricultura, artesanato, tabacaria, pesca, empório, massas, laticínios, granjeiros, pet-shop, utensílios domésticos e religiosos.

Fonte: Mercado Municipal de Piracicaba 



Menino Gourmet abre inscrições

11 de junho de 2014 | Por admin

Gratuito, curso tem como foco principal profissionalizar jovens e adultos de baixa renda

Foto: M.Germano/JP

A Casa do Bom Menino abre, na segunda-feira (02/06), inscrições para o Projeto Menino Gourmet, que tem o objetivo de profissionalizar e viabilizar a geração de renda através de cursos gratuitos na área de alimentação e empreendedorismo.

A iniciativa envolverá 40 crianças e adolescentes e prevê a inclusão social. O curso será aberto aos familiares dos jovens abrigados.

O projeto terá duração de seis meses e contará com aulas de panificação, culinária, empreendedorismo, liderança, oratória, comunicação empresarial e trabalho em equipe, negociação, imagem e carreira, relacionamento ao cliente, etiqueta social e marketing pessoal.

De acordo com a psicóloca Elaine Cristina Moraes Santos, supervisora de projetos da entidade, os cursos são uma forma de integrar a criança à família.

“Esta é uma das principais funções da Casa e com a abertura das nossas portas esperamos iniciar mais uma etapa na missão de reatar os laços e valores familiares, muitas vezes desestruturados antes da chegada da criança e do adolescente ao abrigo.”

No projeto de panificação, a renda arrecadada com a venda dos produtos será dividida entre entidade e alunos.

APOIO — Segundo Fernanda Andreello Simoni, vice-diretora do Colégio Polibrasil, instituição parceira no projeto, o objetivo é proporcionar aos abrigados cursos de acordo com o mercado de trabalho.

“Com o projeto esperamos faciltiar que os jovens entendam a importância do estudo e o quanto as empresas estão exigentes no momento de contratar um funcionário.”

O período de inscrições para o projeto vai de 2 a 30 de junho e elas podem ser feitas na própria instituição, das 8h às 17h, na rua Machado de Assis, 593, no bairro Nova América.

O telefone para informações é (19) 3401-2199.

Reportagem: Felipe Ferreira

Fonte: Jornal de Piracicaba



Piracicaba – Espetáculo revive brincadeiras dos quintais

28 de maio de 2014 | Por admin

Sabrina Franzol

Foto: Divulgação

Com canções originais e cantigas de roda tradicionais, a cia Tempo de Brincar faz reviver as cirandas, as brincadeiras dos quintais, os encontros nas praças e as serenatas em noites de lua no espetáculo Canções e Brinquedos Roceiros, que será apresentado neste sábado (31/05), às 16h, no Sesc, dentro do projeto Cena Criança. A entrada é gratuita.

Na montagem também há desafio de cururu, moda de viola e brinquedos roceiros, como teatro de mamulengos e bonecos.

Com o uso destes recursos, são evidenciados os conhecimentos e costumes ancestrais que se relacionam com o modo de vida atual.

Construído com base em pesquisas nas obra de Cornélio Pires, Aluísio de Almeida e Antonio Cândido, o espetáculo criado pela atriz e artista plástica Elaine Buzato e pelo músico e compositor Valter Silva segue um roteiro que redesenha o lugar imaginário das festas tradicionais que celebram a fartura e a colheita, abordando diversos aspectos das manifestações populares que ocorrem no interior do Estado de São Paulo.

Para a apresentação das músicas, são usados instrumentos como o xilofone, flauta transversal e percussão.

MOSTRE AOS SEUS PAIS — Projeto Cena Criança. Espetáculo Canções e Brinquedos Roceiros, com a cia Tempo de Brincar. Sábado (31/05), às 16h, no Sesc (rua Ipiranga, 155, Centro). Entrada gratuita. Ingressos devem ser retirados uma hora antes do início da apresentação. Mais informações: (19) 3437-9292. Dados fornecidos pelos organizadores.

Fonte: Jornal de Piracicaba



100 atrações integram a Virada Cultural de Piracicaba

21 de maio de 2014 | Por admin

A Virada Cultural Paulista em Piracicaba 2014 acontece no sábado e domingo (24 e 25/05), com 100 atrações em diversos espaços culturais da cidade. São 24 horas de programação gratuita, incluindo música, espetáculos teatrais, dança, literatura, entre outras formas de arte.

Os destaques neste ano são os shows de Guilherme Arantes e Nação Zumbi, que se apresentam no Engenho Central.

Foto: Arquivo/M. Germano/JP

PROGRAMAÇÃO – 24 E 25 DE MAIO

TEATRO DO ENGENHO (Av. Maurice Allain, 454, Pq. Engenho Central)

24/5

18h – Grupo Pro-Posição – Vis à Vis (Dança)

20h – VJ Suave – Suaveciclo (Performance) Área externa em frente ao teatro

21h30 – Os Fofos Encenam – Dar Corda para se Enforcar (Circo, teatro)

23h30 – Marcelo Mansfield – Nocaute (Stand Up)

25/5

0h30 – Curtas Pontos MIS – Amor de Thanatos / Nina / Um Dia… E Logo Depois Um Outro / Moto-Perpétuo / Linha do Mar (Cinema)

11h – Telma Fernandes – Piba e o Mundo em Preto e Branco (Teatro infantil – espetáculo com audiodescrição)

14h – Associação Cultural Quilombola do Tamandaré (Cultura popular)

16h – Marat Descartes – O Natal de Harry (Teatro)

17h30 – Curtas Pontos MIS – Destimação / Paleolito / O Gigante / A Ilha (Cinema)

 

PALCO EXTERNO 1 – PARQUE DO ENGENHO CENTRAL (Av. Maurice Allain, 454)

24/5

19h – DJ Kri (Música)

20h – DJ Kri (Música)

21h – Fusile (Música)

22h30 – Grooveria (Música)

25/5

0h – Nação Zumbi (Música)

15h – DJ Kri (Música)

15h30 – Flávia Bittencourt – No Movimento (Música)

17h – O Terno (Música)

18h30 – Guilherme Arantes – Condição Humana (Música)

 

PALCO EXTERNO 2 – PARQUE DO ENGENHO CENTRAL (Av. Maurice Allain, 454)

24/5

19h30 – H7 (Música)

20h30 – One Minute Less (Música)

22h – Super Zé (Música)

23h30 – Bambas (Música)

25/5

16h30 – Victor e o Gramofone (Música)

18h – Nilton Santin (Música)

 

CASA DO POVOADOR (Av. Beira Rio, 800, Centro)

25/5

8h – Paralela da VII Mostra de Arte do Fórum da Comarca de Piracicaba (Artes Visuais)

9h – “Brinquedos e Brincadeiras Populares” e Recreação Cultural (Oficina Para Crianças)

10h – Bebé Salvego – Brincadeira Preferida (Música para Crianças)

14h – Homenagem à Mamãe Oxum (Cultura Popular)

16h – Evinha do Forró (Música)

 

CASARÃO DO TURISMO (Av. Beira rio, 1433, Parque da Rua do Porto)

25/5

10h – Tributo a Chico Buarque com Alê Antunes, Marcelo Nogueira e Wagner Silva (Música)

11h – Coxa Trio (Música)

12h – Lu Garcia e Banda (Música)

13h – Cia D’Vergente de Teatro – Muda por Amor (Teatro)

 

CAPELA MONTE ALEGRE (Av. Comendador Pedro Morgante, s/nº, Monte Alegre)

24/5

19h – Coletivo Monte Alegre – Histórias ao Vento (Música, teatro)

21h – Coletivo Monte Alegre – As Marias (Teatro)

15h – Tributo a Chico Buarque com Alê Antunes, Marcelo Nogueira e Wagner Silva (Música)

25/5

16h – Coxa Trio (Música)

17h – Lu Garcia e Banda (Música)

 

CEMITÉRIO DA SAUDADE (Av. Piracicamirim, s/nº, Bairro Alto)

25/5

0h – Grupo Andaime de Teatro – A Noiva do Defunto (Teatro)

CENTRO CULTURAL HUGO PEDRO CARRADORE (Rua Nicolau Zen, s/nº, Santa Teresinha)

25/5

12h – Cia Te Ato – Foia Seca (Teatro)

13h – Oficina Permanente de Teatro do Programa Movimentação Cultural – Lampião e Maria Bonita no Reino Encantado (Teatro)

14h – Clube do Vinil de Piracicaba (Música)

15h – Dança de Rua com Rogéria Zago (Dança)

16h – Cia Te Ato – Foia Seca (Teatro)

17h – Grupo Gestus – Oração Para um Pé de Chinelo (Teatro)

 

CENTRO CULTURAL IZAÍRA APARECIDA BARBOSA (ZAZÁ) (Rua Jacinto Roberto Penedo, 190, Mário Dedini)

24/5

18h – Clube do Vinil de Piracicaba (Música)

19h – Cia Te Ato – Foia Seca (Teatro)

20h – Dança de Rua com Rogéria Zago (Dança)

21h – Grupo Gestus – Oração Para um Pé de Chinelo (Teatro)

 

CDCPN (CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO, CULTURA E POLÍTICA NEGRA) (Rua Luiz de Queiroz, 1020, Centro)

24/5

18h – Zulu Queen Ana Convida (Música)

18h – DJ Claudinho’s (Música)

18h – Banda Zumblack (Música)

18h – Equipe Samba Rock de Ponta (Dança)

19h30 – Cantos e Toques de Capoeira (Música)

20h10 – Nino Brown e Soul Sister (Dança)

 

Cedhu (CENTRO NACIONAL DE DOCUMENTAÇÃO, PESQUISA E DIVULGAÇÃO DO HUMOR GRÁFICO DE PIRACICABA) (Av. Maurice Allain, 454, Pq. Engenho Central)

25/5

8h – Mostra do Salão Internacional de Humor de Piracicaba (Artes Visuais)

 

ESTAÇÃO DA PAULISTA – ARMAZÉM DA CULTURA MARIA DIRCE CAMARGO (Av. Dr. Paulo de Moraes, 1580, Paulista)

24/5

19h – Banda Rock Brasuca (Música)

25/05

15h – Projeto Guri (Música)

16h – Banda Brasil Real (Música)

 

ESTAÇÃO DA PAULISTA – CENTRO CULTURAL ANTONIO PACHECO FERRAZ / GARE (Av. Dr. Paulo de Moraes, 1580, Paulista)

24/5

18h – O Lamparina, com Mazzaropi (Cinema)

18h – Mostra de Caricaturas sobre Futebol do Acervo do Salão de Humor (Artes Visuais)

20h – Mostra de Dança de Salão com alunos da Movimentação Cultural (Dança)

25/5

9h – Mostra de Filmes de Animação (Cinema) Na Sala de Exibição

10h – Danilo Di Angeli – Pintura “ZOO” (Workshop)

17h – Quarteto Jazz (Música)

 

LARGO DOS PESCADORES (Av. Beira rio, s/nº, Centro)

24/5

18h – Projeto Samba e Prosa (Música)

20h – Tributo a Chico Buarque com Alê Antunes, Ricardo Nogueira e Wagner Silva (Música)

21h – Lu Garcia e Banda (Música)

22h – Sambatuk (Música)

25/5

12h – Samba D´Aninha (Música)

14h – Projeto Samba e Prosa (Música)

16h – Sandra Rodrigues e Banda (Música)

17h – Big Band Pira Jazz – Tributo a Pixinguinha (Música)

 

MERCADO MUNICIPAL DE PIRACICABA (Rua Gov. Pedro de toledo, 1336, Centro)

25/5

8h – Moacir Siqueira e a Caravana da Vitória (Música)

9h – Juninho Caipira e Marcelo Souza (Música)

10h – Sandra Rodrigues e Banda (Música)

11h – Máfia do Jazz (Música)

 

MUSEU HISTÓRICO E PEDAGÓGICO PRUDENTE DE MORAES (Rua Santo Antonio, 641, Centro)

24/5

18h – Lu Garcia, Alê Antunes e Diguinho – Lu Garcia na Virada (Sarau musical)

20h – Grupo Andaime de Teatro – As Patacoadas de Cornélio Pires (Teatro)

25/5

9h – Sarau Literário Piracicabano (Sarau Literário)

11h – Nina Neder, Leo Parés, Daniel Bueno e Inés Terra – Pra Subir Essa Montanha e Cantar Penas ao Vento (Sarau Musical)

13h – Cia. Pimenta de Teatro – Era, a Era do Circo (Teatro)

14h – Musicalização Infantil com Patrícia Aguiar – Cantigas de Roda (Workshop)

16h00 – Carmelina de Toledo Piza – Despertar o Encantamento para a Narrativa Oral (Contação de História)

17h – Duo ZaniDutra – Sarau Musical (Música)

 

PARQUE DA RUA DO PORTO (Av. Alidor Pecorari, s/nº)

25/5

10h – Quarteto Opus4 (Literatura, música)

 

PINACOTECA MUNICIPAL “MIGUEL DUTRA” (Rua Moraes Barros, 233, Centro)

25/5

8h30 – Marcos Rogério Sabadin – Retratos (Sala de Oficinas) (Workshop)

14h – Mostra Almeida Júnior (Sala de Exposições) (Artes Plásticas)

14h – Tony Azevedo – Xilogravura (Sala de Oficinas) (Workshop)

14h30 – Cine Arte (Anfiteatro) (Cinema)

 

RODOVIÁRIA INTERMUNICIPAL (Av. Armando de Salles Oliveira, 2344, Centro)

24/5

18h – Humor Futebol Clube (Artes Visuais)

25/5

8h – Humor Futebol Clube (Artes Visuais)

 

VAREJÃO DO MÁRIO DEDINI (Rua Olga Santiago Pagotto, s/nº, Mario Dedini)

25/5

9h – Pastoral Afro de Piracicaba – Celebração Afro (Cultura Popular)

10h – Grupo Meu Prazer (Música)

12h30 – Banda Reggaessence de Piracicaba (Música)

13h30 – Grupo Engenho Central – Roda de Capoeira (Cultura Popular)

14h – Grupo Okan – Dança Afro (Dança)

14h50 – Porto Maracatu (Cultura Popular)

15h30 – Mestre Dado – Batuque de Umbigada (Cultura Popular)

16h30 – Casa do Hip Hop (Dança, Música)

17h – Elaine Teotônio e Banda (Música)

 

VAREJÃO DA VILA REZENDE (Av. João Teodoro, 1291, Vila Resende)

25/5

14h – Mostra de Dança de Salão com alunos da Movimentação Cultural (Dança)

 

SESC PIRACICABA (Rua Ipiranga, 155)

24/5

18h – Gabriel Petito – Pintura-Apagamento (Artes Visuais) Na Comedoria

18h – Coletivo Unsquepensa Arte – Poemas de Uma Linha Só (Literatura) No Hall de Entrada

18h – 30 x Bienal – Transformações na Arte Brasileira da 1ª a 30ª (Artes Visuais) Na Área de Exposições

18h – VIRAU (Literatura) Na Comedoria

19h30 – Gerson King Combo & Supergroove (Música) Na Comedoria

21h – A Grande Beleza (Cinema) No Teatro

25/5

9h30 – Gabriel Petito – Pintura-Apagamento (Artes Visuais) Na Comedoria

9h30 – 30 x Bienal – Transformações na Arte Brasileira da 1ª a 30ª Edição (Artes Visuais) Na Área de Exposições 2

11h – Grupo Girassonhos – Gira Roda dos Tempos (Contação de História) Na Comedoria

13h – Coletivo Unsquepensa Arte – Poemas de Uma Linha Só (Literatura) No Hall de Entrada

16h – Lê Coelho e os Urubus Malandros – Um Samba a Mais (Música) Na Comedoria

Fonte: Jornal de Piracicaba



31ª Festa das Nações de Piracicaba começa hoje

14 de maio de 2014 | Por admin

Data: 13/05/2014
Autor: Marília Cury – MTb: 48.290 (em 13/05/2014)
Fonte: Fussp

A 31ª Festa das Nações de Piracicaba, o maior evento da solidariedade promovido na cidade, começa hoje (14) e segue até o domingo (18), no Engenho Central.

São 21 entidades assistenciais locais participantes, as quais se dividem em 19 nações e oferecem a gastronomia típica de diversos países e regiões brasileiras. Com a renda adquirida durante o evento, dão continuidade aos seus projetos durante alguns meses. A expectativa desta edição é receber 100 mil visitantes.

Para que seja um sucesso absoluto, todos os anos cerca de sete mil voluntários atuam antes, durante e depois da festa. Também há a colaboração do policiamento da Guarda Civil Municipal e do ambulatório da Amhpla, com ambulância UTI e Samu.

As empresas patrocinadoras participam com estandes. Para as crianças, parque de diversão infantil. O evento também oferece programação cultural divididas por palcos.

Entre os patrocinadores está a Hyundai Motor Brasil, que, pelo quinto ano consecutivo, doou um veículo para ser sorteado no evento, com rifas vendidas pelas entidades assistenciais por R$ 10,00. O HB20 pode ser conferido no hall do Centro Cívico. O sorteio será feito no dia 17 de maio, pela Caixa Econômica Federal.

Saiba quem são as rainhas e embaixadoras das barracas:

1. África
Rainha – Maria Helena Farias
Embaixadora – Lindjuiê Camargo Monteiro
Guardiões – André Fermino dos Santos e Luiz Guilherme do Carmo Ferraz
Entidade – Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Piracicaba (AUMA)

2. Alemanha
Rainha – Maria Carolina Curiacos Meyer
Embaixadora – Flavia Rocha Mocellin
Guardiões – Kleiton Viana e Deivid Toledo
Entidade – Lions Clube de Piracicaba Independência

3. Brasil Norte
Rainha – Karina Grella
Embaixadora – Heloisa Eduarda Rosa Madureira
Guardião – Deivid Toledo
Entidade – Berçário “Antonia Sturion” e Creche “Branca de Azevedo”

4. Brasil Nordeste
Rainha – Debora Regiane de Souza
Embaixadora – Mariana Carvalho Carmona
Guardião – Kleiton Viana
Entidade – Associação de Pais e Amigos de Surdos de Piracicaba (APASPI)

5. Brasil Sul
Rainha –Carolina Bonassi
Embaixadora – Laís Anibal Pizzinatto dos Santos
Guardião – Igor Ferrari
Entidade – Associação Síndrome de Down – Espaço Pipa

6. Brasil Sudeste
Rainha – Gabriela Soares Araújo
Embaixadora – Melissa Soares de Souza
Guardião – Matheus Sá
Entidade – Associação Formar de Assistência Social e Aprendizagem Profissional

7. Café das Nações
Rainha – Aline Saldibas Alonso
Embaixadora – Luiza Massucato Candido
Guardiões – Kleisson Viana e Diogo Toledo
Entidade – Escola de Mães “Professora Branca Motta de Toledo Sachs”

8. Coreia do Sul
Rainha – Maria Victória Davanzo Cesar
Embaixadora – Ana Luiza Fazanaro Moretti
Guardião – Henrique Soares
Entidade – Centro Regional de Registros e Atenção aos Maus Tratos na Infância
(CRAMI)

9. Espanha
Rainha – Nathalia Colleti Alencar e Silva
Embaixadora – Giovana Totti Moniz
Guardião – Jonhys Dougles Alonso Costa
Entidade – AMAS – Creche Marshlea Dawsey

10. Estados Unidos
Rainha – Natalia Tamborim Hilario
Embaixadora – Caroline Eduarda Negrisolo de Oliveira
Guardiões – Heitor Zambom e Deivid Toledo
Entidade – Associação Atlética Educando pelo Esporte (AAEPE)

11. França
Rainha – Fernanda Alvim Gava
Embaixadora – Giovanna Costa Foltram
Guardiões – André Rodrigues e Kleiton Viana
Entidade – Casa do Amor Fraterno

12. Holanda
Rainha – Laís Zaidan Bêga
Embaixadora – Júlia Melo Travalini
Guardião – André Rodrigues
Entidade – Centro de Reabilitação de Piracicaba

13. Itália
Rainha – Ana Raquel Galvão
Embaixadora – Luma Meneghetti Hoffmann
Guardiões – Henrique Soares e Deivid Toledo
Entidade – Sociedade Amigos de Vila Rezende

14. Japão
Rainha – Mayara Pardi Ikeda
Embaixadora – Fernanda de Oliveira Koabayashi
Guardião – André Yughi (Iudji)
Entidade – Associação Assistência aos Portadores de Necessidades Especiais-Visão
(Avistar)

15. México
Rainha – Clarice Aparecida Tertuliano Augusto
Embaixadora – Emanuelle Rodegher Desuó
Guardiões – Heitor Zambom e André Rodrigues
Entidade – União Espírita de Piracicaba

16. Nova Zelândia
Rainha – Maria Julia Zambom
Embaixadora – Isabella Zambom
Guardiões – Heitor Zambom e Kleisson Viana
Entidade – Fundação Jaime Pereira de Prevenção (FUNJAPE)

17. Países Árabes
Rainha – Eduarda Prado Almeida
Embaixadora – Isabela Filizola
Guardião – Jonhys Dougles Alonso Costa
Entidade – Centro Social de Assistência e Cultura da Paróquia São José – CESAC

18. Piracicaba
Rainha – Natália Módolo Bertolini
Embaixadora – Maria Claudia Santoro
Guardiões – Kleisson Viana e Henrique Soares
Entidade – Pastoral da Criança

19. Portugal
Rainha – Elizete Gabriel da Silva
Embaixadora – Julia Pinson Ponciano
Guardiões – Kleiton Viana e André Rodrigues
Entidade – Serviço de Apoio ao Adolescente com Medida Sócio Educativa (SEAME)

Fonte: Piracicaba



Sesc de Piracicaba recebe Festival Melhores Filmes; veja programação

6 de maio de 2014 | Por admin

Das 10 produções exibidas na cidade, 6 são nacionais e 4 estrangeiras.
Obras ainda estarão em cartaz na Unimep e na Capela do Monte Alegre.

Cena do filme Som ao Redor, que será exibido na quarta-feira (7) em Piracicaba (Foto: Reprodução)

O Sesc de Piracicaba (SP) recebe, a partir da próxima terça-feira (6), o Festival Melhores Filmes, que comemora 40 anos em 2014. A unidade receberá 10 produções, sendo seis nacionais e quatro estrangeiras. O longa-metragem O Abismo Prateado abre a programação, às 20h. As exibições são gratuitas para matriculados no Sesc e os ingressos para não matriculados custam de R$ 3 a R$ 6 por filme.

O festival também terá exibições na Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep) e na Capela do Monte Alegre.

Criado em 1974 em São Paulo (SP), o Festival Melhores Filmes reúne as produções mais significativas que passaram pelas telas da cidade no ano anterior, em filmes escolhidos por meio de votação de público e crítica especializada. Em 2009, o festival passou a circular por outras cidades, levando parte dos filmes selecionados na capital.

O filme de abertura é dirigido por Karim Ainouz e tem no elenco Alessandra Negrini, Thiago Martins e Gabi Pereira. Inspirado na música Olhos nos Olhos, de Chico Buarque, o longa conta a história de Violeta, uma dentista de 40 anos que recebe uma mensagem de seu marido pelo celular dizendo que irá embora para sempre.

Minicurso

O festival em Piracicaba irá oferecer também um minicurso nos dias 17 e 18 de maio com profissionais do Studio Fátima Toledo, responsável pela preparação dos atores de filmes como Cidade de Deus, Tropa de Elite 1 e 2 e Central do Brasil. A participação é aberta e gratuita para atores e para o público em geral. Os interessados devem fazer inscrição na Central de Atendimento do Sesc ou pelo e-mail inscricao@piracicaba.sescsp.org.br, informando nome do curso, nome completo do participante, idade e telefone.

Confira a programação completa do Festival Melhores Filmes:

– O Abismo Prateado – terça (6), às 20h
– Frances Ha – quarta (7), às 20h
– O Som ao Redor – quarta (7), 21h30
– Tatuagem – sexta (9), às 20h, auditório da Unimep
– Azul é a Cor Mais Quente – terça (13), às 20h
– Mataram Meu Irmão – terça (20), às 20h
– Pais e Filhos – terça (20), às 21h30
– São Silvestre – quarta (21), às 20h
– Branca de Neve – terça (27), às 20h
– Uma História de Amor e Fúria – quinta (29), às 20h, na Capela de Monte Alegre

Fonte: G1



1º Ateliê SPCD em Piracicaba tem início intenso

30 de abril de 2014 | Por admin

Naiara Lima

Foto: Amanda Vieira/JP

Começou a programação de aulas e apresentações do 1º Ateliê Internacional São Paulo Companhia de Dança (SPCD).

Até sábado (03/05), o Parque do Engenho Central será um grande acampamento da dança, com a participação de 160 bailarinos de diversas partes do país, que estão alojados no espaço.

Durante o dia eles têm aulas teóricas e práticas com professores de renome nacional e internacional. Além disso, participam de uma montagem coreográfica que será apresentada no sábado (03/05).

À noite, o Teatro do Engenho abre suas portas para receber o público, às 20h30. O secretário estadual de Cultura, Marcelo Mattos Araújo, visitou na terça-feira (29/04) o local e participou da abertura do evento.

Na quarta-feira (30/04), o teatro recebe o segundo espetáculo da SPCD no Ateliê. A apresentação desta noite reúne as coreografias Bachiana Nº1, de Rodrigo Perdeneiras; Gran Pas de Dex de o Cisne Negro, de Mario Galizzi, feito a partir do original de Marius Petipa; e Gnawa, de Nacho Duato.

Para além das apresentações, a proposta do evento é a troca de experiências e estímulo ao aprendizado. Oito tendas foram erguidas no local para que as aulas sejam ministradas.

Segundo Inês Bogéa, diretora da SPCD, a companhia tem como compromisso o trabalho na área da formação de plateia, mas também busca levantar reflexões sobre a dança e seu ensino no país.

“No ano passado nós realizamos o 1º Seminário Internacional de Dança, agora, a partir da sugestão do secretário de cultura, ampliamos essa iniciativa, buscando trazer à tona a reflexão sobre o corpo em movimento, sobre as possibilidades de aprendizado e as mil maneiras de se dançar”, afirmou.

Inês relatou que o clima do Ateliê reúne reflexão, encontro e troca. “Temos as mais diversas experiências dos bailarinos que participam. É uma delícia ver a alegria deles em poder compartilhar isso”, disse.

Uma das alunas é Jéssica Bellincanta, 25, que desde 2006 decidiu adotar a dança como profissão. Ela veio de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, com a expectativa de aprender ainda mais.

“Eu também dou aula, então espero poder levar um pouco do que eu aprender para meus alunos em minha cidade”, relatou.

Segundo ela, todos estão cheios de expectativas e também curiosidade. Já o bailarino Tiago Weber, 21, de Santa Catarina, pontuou que todos estão dedicados ao evento. “A energia é muito boa. Vejo que os professores estão se doando e os alunos realmente querendo aprender”, afirmou.

Para ele, o Ateliê possibilita o contato com muitos profissionais, além da experiência de trabalhar com professores internacionais, ver e ser visto.

Os dois bailarinos vão apresentar uma coreografia formulada por Erika Novachi, diretora-residente do Galpão 1 Cia. de Dança. Segundo ela, a montagem irá tender para uma dança lírica. “O resultado final dependerá muito dos bailarinos que participam”, disse.

Fonte: Jornal de Piracicaba



Páginas:«1234»

Certificados e Prêmios



Realizações Cemara
Realizações Cemara
Realizações Cemara
Realizações Cemara