Mostrando posts da categoria: Notícias sobre Loteamentos


Corretor não vende só produtos, mas soluções

26 de agosto de 2011 | Por cemara

No próximo sábado, dia 27, comemora-se o Dia Nacional do Corretor de Imóveis. Desde a regulamentação da profissão, em 1962, até os dias atuais, a profissão muito evoluiu, tanto que o amadorismo já não tem espaço no mercado imobiliário.

Clientes cada vez mais exigentes e informados, a abertura de cursos de nível superior (o curso de gestão imobiliária é um exemplo) e a expansão do mercado são fatores que contribuíram para a profissionalização da classe em Maringá e região.

Se ainda não se pode afirmar que o fantasma dos chamados “picaretas” ainda assombra empresas e profissionais que buscam atuar de maneira ética e responsável, pelo menos há um bom e promissor motivo para se comemorar a data: o imóvel está consolidado como um investimento seguro e é ainda o sonho de milhares de brasileiros. Assim, há sempre espaço para quem deseja seguir a profissão.

Na opinião do delegado do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) de Maringá, Marcio Becchi, o desafio de um bom corretor é estar antenado ao mercado imobiliário e aos fenômenos da economia, nos âmbitos nacional, estadual e regional, além de mundial.

Munido de informações referentes ao setor, diz ele, mais do que convencer, o corretor precisa provar por meio de números, estatísticas e projeções futuras o quanto compensa investir na compra daquela casa, apartamento ou estabelecimento comercial. (mais…)



Como comercializar imóveis para a nova geração Y

22 de agosto de 2011 | Por cemara

Empresas precisam usar a tecnologia da informação corretamente e a favor de seus negócios, utilizando as novas mídias e os canais digitais.

Os consumidores da Geração Y, composta por indivíduos nascidos entre os anos de 1978 e 2003 e que cresceram sob a influência direta da internet, são infiéis. Isso se deve ao fato de esses jovens não desenvolverem afeição a marcas ou empresas, por considerarem tal comportamento a expressão de um desejo comportamental coletivo e, o que eles buscam é justamente o contrário, ou seja, deixarem suas marcas individuais por onde passam.

Impulsivos, individualistas, impacientes, antenados e liberais no consumo, esses “nativos digitais” querem novidades. Essas características foram registradas por pesquisa divulgada, recentemente, em janeiro de 2010, pela Bridge Research, empresa paulista fundada há pouco mais de um ano e especializada no público jovem, que entrevistou pessoas com idade entre 18 e 30 anos da Grande São Paulo, do Rio de Janeiro e de Porto Alegre, das quais 48% homens e 52% mulheres das classes A, B e C.

Como para esses clientes não há barreiras na comunicação, eles esperam que as empresas hajam da mesma forma. Portanto, além de lançar mão dos meios convencionais de divulgação do produto, as companhias precisam usar a tecnologia da informação corretamente e a favor de seus negócios, utilizando as novas mídias e os canais digitais. (mais…)



IPI dos materiais de construção pode atingir mais produtos

20 de agosto de 2011 | Por cemara

SÃO PAULO – Prorrogação da redução de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para materiais de construção se tornou um incentivo a mais para o consumidor que deseja reformar ou construir.

Durante a reunião do GAC (Grupo de Avanço da Competitividade), realizada na última quarta-feira (10), em Brasília, que contou com a participação do ministro da Fazenda, Guido Mantega, representantes do setor de materiais de construção reinvindicaram redução do IPI para mais produtos.

De acordo com o presidente da Abramat (Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção), Melvyn Fox, “essa redução permite que o consumidor possa usar o que economizou para realizar outras obras ou retoques no final da construção”, explica.

Segundo o presidente, foi enviada para o governo uma nova listagem de produtos que não foram incluídos na redução de IPI para que, agora, com mais um ano de vigência, eles possam ser beneficiados. “O ministro avisou que o pedido foi recebido e que eles vão avaliar. Pelo que foi percebido, esse anúncio pode ser dado ainda este mês. Estamos bem confiantes”, conta. (mais…)



INSS envia carta aos beneficiários que já podem se aposentar em setembro.

18 de agosto de 2011 | Por cemara

 Em sexta-feira 12/8/2011, às 8:41

SÃO PAULO – Os segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que já estiverem aptos para se aposentar por idade a partir do próximo mês receberão uma carta do órgão avisando sobre essa possibilidade. Segundo a Previdência Social, 1.809 correspondências foram enviadas, sendo que 1.095 foram somente para mulheres.

O envio do Aviso para Requerimento do Benefício foi estabelecido em junho do ano passado, com o objetivo de informar os servidores sobre seus direitos previdenciários. A medida prevê que as pessoas que já tenham completado a idade mínima e a carência necessárias para a aposentadoria recebam o aviso.

Homens que completam 65 anos e mulheres que completam 60 anos a partir do dia 1º de setembro devem receber o documento. Ambos devem ter feito 180 contribuições ao INSS – se o segurado estiver inscrito no instituto até 24 de julho de 1991. (mais…)



O que torna a presença do corretor de imóveis indispensável na negociação?

17 de agosto de 2011 | Por cemara

Nas transações imobiliárias, o corretor tem a qualificação necessária para analisar o mercado e orientar ao cliente quanto à valorização do imóvel e documentação

O mercado imobiliário brasileiro está promissor, não há como negar. Dados da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (ABECIP) afirmam que em junho foram financiados 46,5 mil imóveis. Isto significa um aumento de 13,8% em relação a junho de 2010 e 1,6% em relação a maio.

Mas como é vender ou alugar um imóvel? Basta fixar o preço, achar o comprador e fazer negócio? Ou então, basta o comprador achar o imóvel dos seus sonhos, pesquisar na internet e adquirir o que está mais em conta? Embora o tino comercial seja importante, as transações imobiliárias possuem um alto grau de complexidade.

Para o diretor de Marketing do Redimob- a rede social do setor imobiliário- Leonardo Stuepp Jr., corretores de imóveis são profissionais que possuem grande capacidade em aproximar partes, entender necessidades e facilitar a geração de negócios. “Os corretores tornam-se um elo importante na cadeia da construção civil, tendo influência direta no crescimento do setor”, afirma. (mais…)



Hackers dão susto em funcionários da Oracle

15 de agosto de 2011 | Por cemara

Las Vegas – Um concurso realizado no final de semana durante a maior convenção mundial de hackers, em Las Vegas, mostrou um dos motivos para que grandes empresas sejam alvo tão fácil para os criminosos da computação: seus funcionários são mal treinados em questões de segurança.

Em meio a uma sucessão de ataques cibernéticos de grande destaque a alvos que variam da Sony ao Fundo Monetário Internacional (FMI), seria de imaginar que muitas empresas estivessem dedicando atenção especial à segurança hoje em dia.

Mas os hackers que participaram do concurso encontraram ridícula facilidade, em certos casos, para enganar funcionários de algumas das maiores empresas norte-americanas, levando-os a revelar informações que podem ser usadas para organizar ciberataques contra elas.

Os participantes também conseguiram levar funcionários dessas empresas a utilizar seus computadores de trabalho para visitar sites sugeridos por eles. Caso os hackers tivessem intenções criminosas, os sites poderiam ter carregado software infectado nas máquinas.

(mais…)



Quer comprar um imóvel sem ter prejuízo? Elabore uma lista de obrigações!

14 de agosto de 2011 | Por admin

SÃO PAULO – A compra da casa própria é um sonho para muitas pessoas. Por isso mesmo, deve ser feita com muita cautela e responsabilidade, para que nada dê errado. Isso porque ninguém quer perder o dinheiro que lutou tanto para conseguir.

Conforme divulgou o Jornal dos Imóveis, o ideal para quem está pensando em adquirir uma casa ou apartamento é elaborar uma lista de obrigações a serem cumpridas antes de fechar o negócio.

(mais…)



Alienação fiduciária reduz inadimplência no financiamento de imóveis

12 de agosto de 2011 | Por cemara

SÃO PAULO – Ao contrário do que ocorre em outros setores da economia, cuja inadimplência vem subindo, no financiamento de imóveis, o não pagamento da dívida vem perdendo fôlego nos últimos anos.

De acordo com o presidente da Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança), Luiz França, a explicação para o fenômeno está na alienação fiduciária.

“Tem uma palavra mágica: marco regulatório. Com o marco regulatório, passamos a ter a alienação fiduciária, que foi um marco para o setor, fazendo cair a inadimplência (…) Se o cliente não pagar ou não tiver capacidade de renegociação com a instituição bancária, ele perderá o imóvel, que servirá para quitar o débito. Isso faz com que as pessoas tenham aquela dívida como prioridade”, explicou, em entrevista ao portal InfoMoney.

Inadimplência
Para se ter uma ideia da diferença nos índices de inadimplência, dados divulgados nesta quarta-feira (3) pela Associação mostram que, nos primeiros seis meses deste ano, a inadimplência no financiamento imobiliário ficou em 1,15%.

Já no setor de consumo, a inadimplência acumulou alta de 4,25% até junho. Os dados são da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas).

Financiamento
Ainda conforme os dados divulgados pela Abecip, em 2010, o financiamento imobiliário movimentou R$ 56,2 bilhões, atingindo 421 mil unidades.

Para este ano, a Associação espera que o financiamento movimente R$ 85 bilhões, 51% acima do verificado no ano passado, chegando a 540 mil unidades, 28% a mais do que em 2010.

 

Fonte: http://www.infomoney.com.br/



Papel de Parede para Decoração – Fotos e Dicas

11 de agosto de 2011 | Por cemara

A decoração do ambiente deixa o local muito mais apresentado e hoje as cores e decorações na parede também faz parte do toque final, por um bom tempo o papel de parede tinha ficado esquecido sendo substituido pelas tintas e texturas mas agora o papel voltou com novidades e desenhos modernos.

O papel de parede pode ser usado nos quartos, sala e escritório dispensando o uso em cozinhas e banheiros pois é um lugar úmido e a cozinha acumula muita gordura, com as grandes novidades em design o papel ganhou além de desenhos modernos também as estampas.

Para os decoradores o papel de parede veio para ficar e com as grandes variedades fica facíl escolher o desenhos para combinar com o seu ambiente, mas a dica é se você gosta de muitos objetos de decoração evite o papel de parede para não ficar um local muito carregado.

Confira abaixo fotos do papel de parede para decoração:


Fonte: http://www.mulherbeleza.com.br/decoracao/papel-de-parede-para-decoracao-fotos-e-dicas/



Paulistas preferem financiar imóveis com a Caixa Econômica

8 de agosto de 2011 | Por cemara

SÃO PAULO – A Caixa Econômica Federal tem liderado as opções de financiamento imobiliário no estado de São Paulo, se comparada a outros bancos. Apesar de ter uma participação bem distribuída na capital paulista, com 25,53%, contra 29,36% dos outros bancos, a instituição lidera no interior de São Paulo, nas cidades do ABCD paulista, Guarulhos e Osasco, além do litoral.

Segundo o presidente do Creci-SP, José Augusto Viana Neto, a Caixa é responsável por quase 80% dos financiamentos de todo o estado de São Paulo. Para ele, a preferência se dá pela rapidez nos processos da instituição. “A Caixa é mais dinâmica no processo de análise de crédito, além de já ter uma estrutura pronta para esse tipo de atendimento”, completa.

Embora a CEF tenha grande representatividade em todo o estado, segundo o presidente da Amspa (Associação dos Mutuários de São Paulo), Marco Aurélio Luz, quase 80% das reclamações dos mutuários são relacionadas ao banco.

Apesar disso, ambos concordam que a Caixa possui uma preparação especializada nos financiamentos.

O que faz também com que a Caixa tenha preferência, de acordo com Viana Neto, é o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). “Ele se tornou um diferencial da Caixa. Além disso, ela hoje é uma referência, somente os clientes de outros bancos acabam buscando as instituições privadas”, explica. (mais…)



Isenção do IPI até dezembro de 2012 impulsiona construção civil

5 de agosto de 2011 | Por cemara

Durante o lançamento do Plano Brasil Maior – projeto criado pelo governo federal para estimular o crescimento do setor industrial, de serviços e comércio exterior – nesta terça-feira, 2 de agosto, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou a prorrogação do prazo da isenção do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para materiais de construção até dezembro de 2012.

Melvin Fox, presidente da Abramat (Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção), comemorou a medida do governo. “A prorrogação foi excelente, vai cooperar para que a construção civil tenha um ano mais eficiente e que o programa Minha Casa, Minha Vida, evolua”, acredita.

A entidade, porém, vinha pleiteando com o Governo Federal que a isenção fiscal fosse permanente. “Sugerimos ao ministro Guido Mantega que essa redução se tornasse permanente ou que, pelo menos, tivesse um prazo indeterminado, porque o programa Minha Casa, Minha Vida vai até 2014 e os descontos ajudariam na sua execução. Ele se mostrou disposto a estudar”, explica Fox.

Além da isenção do IPI, foram anunciadas regras especiais para proteção da indústria nacional, visando conter a entrada de produtos fora dos padrões, ou com classificação errada, e medidas para melhorar a competitividade interna, antigas reivindicações da ABRAMAT.

Fonte: http://www.portalvgv.com.br



Crédito imobiliário bate recorde no primeiro semestre

| Por cemara

 Operações de financiamento de imóveis feitas com recursos da poupança chegaram a R$ 37 bilhões, alta de 55% frente a 2010

 As operações de crédito imobiliário feitas com recursos da poupança atingiram o valor recorde de R$ 37 bilhões no primeiro semestre, que representa expansão de 55% em relação ao mesmo período de 2010. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).

Nos seis primeiros meses do ano até junho, foram financiados 236,5 mil imóveis pelo sistema, volume 26% maior em relação ao mesmo período de 2010.

Apenas em junho, os financiamentos atingiram  46,5 mil imóveis no País, um aumento de 13,8% em relação a junho do ano passado e de 1,6% sobre maio – que também havia registrado recorde mensal, com 45,7 mil unidades contratadas.

As cadernetas de poupança mostraram recuperação em junho, com captação líquida de R$ 1,2 bilhão após dois meses consecutivos de resgates. Segundo Abecip, foi o melhor resultado do ano para a aplicação. (mais…)



10 Dicas para construir sua casa

4 de agosto de 2011 | Por cemara

01. O lote
É fundamental a escolha do lote onde se quer construir a casa… Observar sua localização, aclives, orientação do sol e também o seu acesso. É preciso também o levantamento topográfico, com curvas de nível, do terreno.

02. Programa de necessidades
Primeiro deve se pensar muito o que quer na casa…quantos quartos, banheiros, cozinha, sala de estar conjugada com a sala de jantar? Ou uma copa junto com a cozinha? Quantos pavimentos? Como que se quer cada um dos espaços?

03. O estilo
Com telhado ou com teto plano? Ultra-moderna, colonial brasileira ou uma clássica casa inglesa? Essa pergunta é de fundamental importância a ser repassada ao profissional.

04. O arquiteto ou Engenheiro
Peça fundamental, intérprete de necessidades e sonhos. Ele irá enxergar adiante, prever como ficará sua casa, minimizando erros. (mais…)



Imóveis: saiba qual o melhor financiamento para o seu perfil

3 de agosto de 2011 | Por cemara

SÃO PAULO – Na hora de adquirir um imóvel, é comum que o consumidor tenha dúvida em relação a qual financiamento optar. O perfil de cada comprador pode ser decisivo para a escolha da opção de pagamento mais correta.O ideal é, além do financiamento, ter uma folga financeira para a criação de uma reserva.

“Para não correr risco, o ideal é não comprometer mais que 30% da renda mensal, além de ter um fundo de reserva”, explica o presidente da Amspa (Associação dos Mutuários de São Paulo), Marco Aurélio Luz.Entre as modalidades oferecidas e mais comuns entre os compradores de imóveis, estão o sistema de consórcio, a compra diretamente com a construtora e por meio do banco, pelo SFH (Sistema Financeiro da Habitação) ou SFI (Sistema de Financiamento Imobiliário).

Sem pressa
Para o consumidor que tem o sonho da casa própria, mas não tem pressa em entrar no imóvel, o consórcio pode ser uma boa opção, pois possui encargos mais baixos e dá a possibilidade de o comprador utilizar o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), assim como nas outras modalidades de financiamento, só que, neste caso, o fundo é usado para dar os lances e assim receber a carta de crédito antes do final do consórcio. O prazo de liberação da carta vai de 60 a 180 dias. (mais…)



Registro da escritura pública é passo importante na transferência do imóvel

2 de agosto de 2011 | Por cemara

As taxas são pagas no próprio cartório

No Brasil, convencionou-se debitar os gastos com a transferência do imóvel na conta do comprador. Isso não significa dizer, contudo, que o vendedor não deva ficar atento às taxas. Independentemente do lado em que estiver, é bom saber como funciona todo o processo.

O advogado especializado em direito imobiliário Marcelo Fonseca e Silva esclarece que são três fases. Em um primeiro momento, é preciso pagar o famoso Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis por Ato Oneroso Inter Vivos (ITBI). Essa é a etapa mais cara. Em Belo Horizonte, o tributo – que é municipal, portanto, varia de cidade para cidade – corresponde a 2,5% do valor do imóvel. Mas se o bem tiver sido doado ou for herança, a taxa passa a ser o Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos (ITCD), que é cobrado pelo governo estadual.

Na segunda fase, o comprador deve ir a um cartório de notas para fazer o pedido da escritura pública de compra e venda. O preço do serviço varia de acordo com o valor do imóvel. O documento de um apartamento que vale R$ 50 mil, por exemplo, custa R$ 725,35. O gasto pode chegar a R$ 4.042, quando se trata de imóveis acima de R$ 3,2 milhões. Todo ano, o Tribunal de Justiça divulga uma tabela, que está sempre disponível no site www.sinoregmg.org.br. (mais…)



Certificados e Prêmios



Realizações Cemara
Realizações Cemara
Realizações Cemara
Realizações Cemara