Mostrando posts da categoria: Acompanhamento de Obras em Loteamentos


Cemara e artistas promovem arte urbana em praça do Bella Ville, em Hortolândia

19 de abril de 2021 | Por cemara

A ação tem o propósito de apoiar a produção cultural da região

 

Habituados a transformar a paisagem urbana por meio de grafites, os artistas conhecidos como Cabelin, Edson Xis e Kranium decidiram trazer um pouco de cor aos muros da Praça do Parque Bella Ville, em Hortolândia/SP. E a Cemara Loteamentos resolveu incentivar a produção cultural da região e acolheu a ação. 

Para Edson Xis, a atitude da Cemara foi louvável e inteligente: “A empresa entendeu que aquilo que foi feito era uma representação artística, e não vandalismo ou crime. Entender que a arte pode conviver junto à paisagem urbana, e que os loteamentos podem sim ter cor ao invés do cinza normativo torna a Cemara uma empresa com olhar diferenciado entre as demais”, afirma.

Os grafites estampados nos muros da futura praça do loteamento são imagens que representam um menino negro, feito por Edson, a escrita “KRN1”, por Kranium, representando sua assinatura, e a imagem de uma raposa que é constantemente encontrada nas artes de Cabelin. 

Para desenvolver a pintura nos muros, os grafiteiros tiveram como inspiração a representatividade, além da “vontade de levar a arte a lugares jamais acessados, criar oportunidades e mostrar um mundo mais colorido”, diz Kranium. Segundo Cabelin, um dos objetivos do grafite é “sempre ocupar e modificar os espaços públicos e privados por meio da arte urbana do grafite, voltado sempre à estética urbana”.

A gestora de Marketing e Comunicação da Cemara Loteamentos, Giuliane Trevizam, comenta: “A Cemara entende que seu papel na sociedade vai muito além de urbanizar áreas, é também implantar bairros com ocupação ordenada que propicia melhorias ambientais, socioeconômicas e também promove a cultura e o bem-estar social”.

 

Cabelin e Kranium com a gestora de Marketing, Giuliane Trevizam, em visita à Cemara Loteamentos

SOBRE A CEMARA

Fundada no final da década de 1970, em Americana (SP), a Cemara Loteamentos iniciou a trajetória no mercado imobiliário para contribuir de forma direta no desenvolvimento social e urbano de diferentes municípios. A cidade de origem da empresa, por exemplo, é um de seus principais cases de sucesso, com 16 projetos realizados e 12 mil lotes implantados, que ajudaram a realizar o sonho de mais de 60 mil pessoas que hoje possuem terreno ou casa própria, representando 26% da população atual de Americana. 

 Há 36 anos no mercado e com uma filial em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, já vendeu mais de 21 mil terrenos em diversas cidades do interior do estado de São Paulo. Desde então, já foram realizados 37 loteamentos que geraram mais de 12 milhões de metros quadrados de áreas urbanizadas.

SOBRE OS ARTISTAS

Cabelin

Formado no Curso de Artes Visuais da PUC-Campinas, o artista Hélio Domingues da Luz, conhecido como Cabelin, iniciou seus trabalhos de graffiti por volta de 1998, mas foi em 2004 que se firmou na arte do graffitti. Natural de Curitiba, foi no interior do Estado de São Paulo, em Hortolândia, que descobriu a arte do graffiti e toda sua vertente cultural. Atualmente é professor de artes na rede municipal de Campinas, onde trabalha paralelo aos trabalhos artísticos.

Edson Xis

Grafiteiro, Edson gosta de pintar personagens, predominantemente negros. Daí vem sua marca, a “Negro’s Graffiti”. Suas inspirações são seus pares, os pretos e pretas, e as crianças, para que elas se vejam na arte dele e se sintam representadas. Sua meta é levar a representatividade aos diversos locais e suportes que a cidade pode proporcionar.

Kranium 

Leandro Ferreira dos Santos ou Kranium – como é conhecido no meio – é grafiteiro há 21 anos, arte educador, produtor cultural e empresário morador de Hortolândia, interior de São Paulo. Com o seu trabalho de arte educador e com suas criações artísticas como grafiteiro busca promover inclusão, alegria, consciência, vida e esperança para esta e para as próximas gerações.



Quais as diferenças entre alvenaria convencional e estrutural?

5 de setembro de 2019 | Por cemara

A construção da alvenaria é um passo importante na hora da obra, pois a estrutura será responsável por sustentar o peso da casa e definir o que pode ou não ser feito futuramente. Por isso, é essencial entender as diferenças entre os modelos: convencional e estrutural.

Qual o tipo de alvenaria é a melhor para a minha construção?

A decisão deve partir após análise técnica feita por profissional. Ele avaliará a topografia, projeto de arquitetura, tipo de solo, dentre outros, para entender qual modelo é o melhor para a construção. Porém, é importante que o proprietário saiba as diferenças para participar ativamente de todo o processo de construção e entender a escolha.

Alvenaria convencional

Nesta estrutura, o peso da construção é sustentado por pilares, vigas e lajes. Indicada para projetos criativos, com menos paredes. Não há restrições de medidas e possibilita obras e reformas, sem prejuízos.

Comparado ao outro modelo, a alvenaria convencional demanda mais tempo e tem custo elevado.

Alvenaria estrutural

Apesar de gerar economia de dinheiro e tempo, quando comparado a outra estrutura, este modelo exige o planejamento exato da planta, pois não permite obras ou reformas futuramente, isto porque o peso da casa é dividido entre todas as paredes. O modelo limita a criatividade e personalização da casa, pois não permite portas e janelas fora do padrão.

 

Fonte: Fórum da Construção < http://www.forumdaconstrucao.com.br



Obras de lazer dos residenciais Ipês Amarelos e Villagio são concluídas

13 de abril de 2012 | Por admin

Em março, a Cemara realizou a entrega das obras de lazer às Associações de Moradores dos residenciais Ipês Amarelos e Villagio. Agora, os moradores já podem desfrutar dos espaços de lazer que foram especialmente construídos para a diversão, qualidade de vida e a saúde de toda a família.

No Residencial Villagio foram entregues:

• Espaço Gourmet (Sistema de Lazer “B”);
• Espaço Fitness e Espaço Sauna (Sistema de Lazer “B”);
• Quadras de tênis (saibro, com2 unidades) (Sistema de Lazer “C”);
• Vestiário (Sistema de Lazer “C”);
• Circuito de minigolf (Sistema de Lazer “C”).

Com o término das obras, o Residencial Villagio passa a ter mais uma área de lazer concluída, também conhecida como Sistema de Lazer “C”. Além disso, os moradores têm parcialmente à disposição os itens do Sistema de Lazer “B” (Espaço Fitness/Sauna e Espaço Gourmet). No ano passado, a Cemara entregou aos futuros moradores do Residencial Villagio o Sistema de Lazer “D” completo.

No Residencial Ipês Amarelos foram entregues:

• Portaria (Sistema de Lazer “B”);
• Churrasqueiras, Sanitário/Fraldário e quadra de vôlei de areia (Sistema de Lazer “G e F”);
• Quadra poliesportiva, campo de futebol society e duas quadras de tênis (saibro) (Sistema de Lazer “H”).

Agora, a Associação dos Moradores dos Ipês Amarelos pode dar início à estruturação do sistema de segurança do loteamento, e os proprietários dos lotes já podem desfrutar das primeiras áreas de lazer com toda a família e amigos.



Instalações elétricas prediais

10 de janeiro de 2012 | Por cemara

Negligenciadas em muitas obras, instalações elétricas, quando mal-executadas, são origem de 80% dos incêndios em edificações

Aproximadamente 96% das instalações elétricas do Brasil apresentam algum tipo de erro, segundo Edson Martinho, diretor-executivo da Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade). De um lado, problemas determinados pela falta de planejamento. Do outro, uso de materiais de baixa qualidade ou mesmo irregularidades na execução do serviço. “Em alguns casos, por falta de conhecimento, mas na maioria deles na tentativa de economizar”, aponta Martinho. Nos primeiros oito meses do ano, conforme levantamento da Abracopel, fo­­­ram registradas 204 mortes por eletrocussão e 160 incêndios causados por curto-circuito.

 

 

 

Especificação

Para garantir condições mínimas de qualidade e segurança, toda obra precisa contar com engenheiro eletricista. “Para conter gastos, muitas construtoras, no entanto, optam por deixar esse projeto a cargo de engenheiros civis ou mesmo de arquitetos, alerta Eduardo Daniel, superintendente da Certiel Brasil (Associação Brasileira de Certificação de Instalações Elétricas). (mais…)



Condomínio: ações por falta de pagamento recuam 6,4% em agosto

25 de setembro de 2011 | Por cemara

O número de ações de cobrança por falta de pagamento da taxa de condomínio  na cidade de São Paulo caiu 6,4% em agosto deste ano, na comparação com o mês de julho.

De acordo com levantamento realizado pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação),  no mês passado, foram propostas 877 ações na Justiça paulistana, contra 937 verificadas em julho.

O vice-presidente de Administração Imobiliária e Condomínios do Sindicato, Hubert Gebara, explica que um dos fatores que ajudou a reduzir o número de ações foram os acordos extrajudiciais, que surtem efeito na maioria das vezes. “Uma pendência dessa natureza pode levar, em alguns casos, de cinco a dez anos para ser resolvida”, afirmou.

Acumulado

No acumulado dos oito primeiros meses do ano, houve queda de 15,6%. De janeiro a agosto foram movidas 6.513 ações, contra 7.718 no mesmo período do ano passado.

Para Gebara, o que mais pesou para a redução da inadimplência foi a Lei Estadual 13.160, que entrou em vigor em julho de 2008, e que permite o protesto do boleto de condomínio. “Mas a nossa orientação é tentar sempre o acordo amigável, antes de protestar o boleto ou entrar com uma ação na Justiça”, concluiu.

Na tabela abaixo é possível observar o número mensal de ações registradas nos últimos 12 meses:

Fonte: InfoMoney



Certificados e Prêmios



Realizações Cemara
Realizações Cemara
Realizações Cemara
Realizações Cemara