7 DICAS PARA EVITAR A FUGA DE CORRENTE ELÉTRICA E ECONOMIZAR

16 de abril de 2015 | Por admin
Universo_Jatoba_energia_eletrica

Economia de água e de energia caminham juntas. Com a atual situação dos reservatórios de água, o Governo Federal acionou usinas termelétricas para evitar um possível racionamento de energia. Isso significa que, a partir de 2015, a conta de luz poderá vir mais cara.

Além de medidas comuns, como reduzir o tempo no banho e desligar aparelhos sem uso das tomadas, é importante ficar atento à fuga de corrente elétrica. Este é um problema comum nas edificações, porém pouco conhecido e, em várias situações, é um dos principais motivadores do aumento na conta de luz. Uma fuga de corrente elétrica pode causar ainda danos ao equipamento, choques elétricos e até mesmo um incêndio.

Segundo Hilton Moreno, engenheiro eletricista e consultor do Procobre, no caso das instalações elétricas, a fuga da corrente elétrica pode ser provocada, por exemplo, por um cabo sem isolamento em contato com alguma parte metálica.

Universo_Jatoba_energia_eletrica2

Mas, como se proteger desses problemas e do gasto adicional de energia e dinheiro? Confira 7 dicas:

1) Certifique-se de que a instalação elétrica não tem fuga. Para isso, apague todas as luzes, desconecte todos os equipamentos elétricos, incluindo relógios, e verifique se o medidor de energia para de girar (modelos antigos) ou seu display não indica consumo algum (medidores mais novos). Caso o medidor continue a indicar consumo, é necessário revisar a instalação.

2) As instalações elétricas precisam passar por revisão e manutenção preventiva realizada por profissional qualificado, no mínimo a cada 10 anos.

3) Antes de fazer qualquer reparo, é importante que seja desligada a chave geral.

4) Nunca conecte vários equipamentos em uma mesma tomada. Isso pode provocar sobrecarga na instalação e perigo de superaquecimento; também provoca uma operação deficiente, possíveis interrupções de energia, curtos-circuitos e danos de longo prazo.

5) Em caso de curto-circuito, desconecte imediatamente o equipamento que o causou e todos os outros, apague todas as lâmpadas e chame imediatamente um profissional qualificado.

6) O equipamento causador do curto deve ser reparado antes de ser colocado em uso novamente.

7) Jamais utilize moedas, fios, lâmina de estanho ou alumínio no lugar de fusíveis e disjuntores.

Para obter mais informações sobre como proteger o imóvel, acesse www.programacasasegura.org

Fonte: Universo Jatobá 

Certificados e Prêmios



Realizações Cemara
Realizações Cemara
Realizações Cemara
Realizações Cemara