Blog  
 
Blog
 
 
 
Site Cemara
 
 
Vendas   Contato
 
 
Twitter Facebook Youtube
set 30, 2013
admin

Porque escolher um peixe como animal de estimação?

Texto CLAUDIO PIRES / Fotos www.aquariumdesigngroup.com/

Muitas vezes as pessoas têm vontade de ter um animal de estimação, para si, ou para o filho que está doido para ter um bichinho, mas não sabe o que escolher por inúmeras razões. E realmente essa escolha deve ser bem pensada.

Existem vários fatores que devem ser observados: o tempo que você vai ter para cuidar do seu amiguinho, o espaço que você tem em casa, o investimento que você tem disponível no momento, se você viaja muito, se você tem criança em casa e qual a idade e o temperamento dela. Esses são alguns dos fatores.

Se você optar por um cão, gato ou uma ave saiba que terá que ter um bom espaço, e tem que ter tempo para estar com eles. Alguns cães, além de atenção, precisam de bastante exercício. Se você escolher uma raça de cachorro ou gato de pêlo longo, terá que ter um tempo para escovação dessa pelagem. Qualquer um desses animais tem que ir periodicamente ao médico veterinário para fazer exames de rotina, algumas vezes por emergências. Você tem que ter cuidados de limpeza com o ambiente da sua residência e com o lugar onde o animal fica.

Algumas vezes ainda temos problemas comportamentais desde roídas nos móveis até agressividade do animal para com os donos e/ou, visitantes. Isso talvez só se resolva com adestramento.

A maioria das aves gritam muito, talvez você tenha problemas com vizinhos. Temos que ter cuidados também com algumas doenças que esses animais podem nos transmitir. É uma série de fatores a serem observados, além do que você tem deve ter um caixa para todas essas despesas.

Depois de pensar em tudo isso, algumas pessoas desistem de ter um animal em casa, ou deixam o filho triste por não ter feito a vontade dele.

Daí vem à pergunta: Por que não optar por comprar um aquário e ter um peixinho como animal de estimação?

Alguns vão dizer que com peixe você não tem um contato direto, outros que o aquário dá muito trabalho, outros vão pensar que quando viajarem não vai ter quem cuide e até que os peixes morrem facilmente.

Existem alguns mitos em torno dos aquários e dos peixes ornamentais que precisam ser explicados e extinguidos.

O mercado aquariófilo, assim como todo mercado “Pet”, se modernizou e muito, ao passo de que se a pessoa quiser pode instalar um mini computadorzinho ou até mesmo ligar um aparelhinho e conectar no seu PC. Este aparelho faz quase tudo por você. Lógico que isso ainda não é barato, mas existem outras soluções.

Existem tipos de filtragens que garantem que você tenha uma água limpa por um bom tempo.

Existem também, condicionadores de água que eliminam impurezas da água, evitam doenças e aumentam o tempo de manutenção.

Ou seja, digamos que você talvez precise no máximo de 15 minutos de duas em duas semanas para fazer alguma manutenção no seu aquário. Algumas vezes pode se estender até por um mês, se você usar condicionadores e seguir algumas orientações como: não colocar alimentos em excesso no seu aquário para que não fiquem sobras, não lotar seu aquário de peixes, e ter atenção com a limpeza do seu filtro.

Você não deve tirar tudo do seu aquário para limpar. Não tem que tirar o cascalho para esfregar, não deve trocar a água toda e não precisa tirar os peixes do aquário para fazer a manutenção.

Basta que você tire as algas que ficam nos vidros com uma bucha própria para aquário, ou limpador magnético que você encontrar nas casas do ramo. Depois você faz a sinfonagem da sujeira que fica no fundo, com a ajuda de um sinfonador, que você também encontra facilmente nas lojas de aquário. Você vai tirar no máximo 50% do volume de água dependendo do tempo que você tem para fazer as manutenções. Você pode tirar, por exemplo, 20% de 15 em 15 dias.

Se você não tiver esse tempo, você pode usar algum condicionador que elimine impropriedades da água e daí tirar 50%, de 30 em 30 dias. (Lembrando-se sempre que você deve seguir algumas orientações para não cometer excessos de alimentação e peixes).

Faça também a manutenção do seu filtro. Trocar o perlom sempre que estiver sujo, e o carvão ativado de acordo com as especificações dos fabricantes.

Se você viaja muito e fica preocupado como vai alimentá-los, saiba que existem alimentdores automáticos que você programa para que eles soltem o alimento na hora que você quiser, ou então rações que duram de uma semana a quinze dias no aquário. Para acender e apagar as luzes você usa um timer.

Muitos peixes reconhecem o dono quando chegam em frente ao aquário. Ficam agitados quando você vai alimentá-los, se abrem, dão piruetas. Então, existe sim um contato com esses animais. Se você tiver os cuidados com manutenção e servir sempre alimentos de qualidade, eles vivem bastante tempo.

As doenças com peixes ornamentais você mesmo pode resolver com medicamentos oferecidos nas lojas de aquariofilia. No Brasil não existem médicos que atendem peixes ornamentais, ou são muito poucos. Mas geralmente o lojista sabe como resolver o problema e não lhe cobrará nada por essa ajuda.

Um aquário, além de ser um lindo objeto de decoração para sua casa, também é uma fonte de aprendizado para o seu filho. Cuidando do aquário ele vai aprender sobre biologia, física e química. Faça um teste conversando com um aquariofilista. Também terá contato com reprodução, acasalamento, até com a morte. Isso sem contar com o senso de responsabilidade que irá adquirir cuidando dos peixinhos.

Você também terá um momento de relaxamento em frente ao seu aquário. Imagine chegar cansado em casa do trabalho, sentar em frente ao seu aquário, colocar uma boa música e ficar relaxando vendo os peixes nadando calmamente. O relaxamento com os aquários é comprovado cientificamente.

Procure uma boa loja na sua cidade e comece a pensar em ter um peixinho como animal de estimação. Tenho certeza que você e sua família não se arrependerão. Só tenha um cuidado: não fique viciado e espalhe aquários por todos os cantos da casa.

Seguindo estes passos você não precisará de mais de vinte minutos para que seu aquário fique limpo e saudável.

Fonte: Bioaqua Brasil

Compartilhe :

Arquivos

tweets