Como fazer as malas: dicas incríveis para as viagens de férias

2 de fevereiro de 2018 | Por cemara

CEMARA_JOB_2496_17_POST_20_01_CEMARA_INFORMA

O fim de ano e as férias de janeiro estão aí. Esse é o momento ideal para viajar com a família, se divertir e descansar. Mas antes disso, é preciso se organizar para arrumar as malas, principalmente se a viagem é longa e se tem crianças entre os passageiros. Parece difícil, mas na verdade não é. É preciso planejamento.

Para facilitar a sua vida, o Cemara Informa convidou a personal organizer Flávia Benetton, que está há mais de 10 anos no mercado, para dar dicas de como arrumar sua bagagem, o que não pode faltar na mala das crianças e outras ideias importantes para evitar o estresse antes e durante a viagem. Veja as dicas a seguir:

Dica 1: Antes de começar, faça um checklist

Você deve sempre planejar com antecedência, fazer uma lista de tudo o que será necessário e antes de colocar na mala, checar item por item desta lista. Coloque tudo em cima da cama. Após isso, comece a fazer combinações de roupas, veja com quantas blusas você consegue usar com aquela calça e assim por diante. Lembre que as peças têm que combinar entre si. Para as mulheres, vale o truque dos acessórios, leve muitos, eles mudam o look da mesma roupa.

Dica 2: O que não pode faltar na mala

A roupa que não pode faltar é aquela adequada a ser usada no local para onde você está indo. Por isso, você precisa saber sobre o local da hospedagem, o transporte e as atividades que esta viagem contemplará. E ainda temperatura e previsão do clima. Então, se for para um local muito frio com neve, as meias grossas de lã, luvas, echarpes e segunda pele não podem faltar. Se for para um resort no Nordeste, leve cangas, biquínis, maiôs, sandálias, chinelos, além, claro, das peças básicas: lingerie, roupas para dormir, tênis etc. Você deve optar também por roupas que não amassem muito (ou que não amassem nada), fáceis de lavar, secar, dobrar e peças que combinem entre si e que façam várias combinações. Outra dica importante: não leve nada de muito valor e peças que você ama, para você não sofrer com um possível extravio de malas.

Dica 3: Sapatos e roupas íntimas em sacos de tecido

Sapatos e roupas íntimas devem ser armazenados dentro de sacos de tecido que hoje em dia, praticamente, todas as lojas de sapato fornecem. Se não tiver, fronhas são ótimas ou simplesmente enrole em algum tecido limpo e macio. Sapatos sempre no fundo da mala. As meias podem ir muito bem acondicionadas dentro dos sapatos, é uma boa forma para os sapatos não deformarem. As roupas íntimas também podem ser guardadas em sacos de tecido, é bom separar do resto, são peças mais delicadas. Um nécessaire também vale.

Dica 4: Cosméticos e remédios na mochila

O ideal sempre é o mínimo de bagagem possível, ocupando o menor espaço possível, mesmo para sua comodidade na hora de ficar indo de um lado para outro carregando as malas. Uma mochila é a melhor forma de carregar o que quer que seja em uma viagem, é prática, você fica com os braços livres e cabe muita coisa. Esta mochila tem que estar sempre à mão, no caso de viagem de avião será bagagem de mão, claro! No caso dos cosméticos, existem miniembalagens para levar shampoos, cremes, pasta de dentes etc. Para os remédios, o ideal é um nécessaire que deverá ir na mochila para estar sempre por perto em caso de emergências. Quando houver um remédio com agulhas, ou algo diferenciado, o ideal é levar junto a receita médica para não haver problemas em alfândegas, postos da polícia federal etc. Um aviso: no exterior você não compra medicamentos sem receita médica, nenhum, nem para dor de cabeça. Então leve!

Dica 5: Muitas roupas para as crianças

A mala das crianças deve ter muitas trocas de roupas. Exemplo: um adulto levaria 2 pijamas para 2 semanas. Uma criança levaria 6 pijamas. Criança suja muita roupa. Aqui, mais do que nunca, as roupas precisam ser confortáveis e fáceis de lavar e secar para você conseguir lavar no banheiro do hotel por exemplo. E mais, todos os objetos e produtos que você utiliza no dia a dia para as crianças, que devem ser colocados em uma mochila. Mas lembre: tudo sem  exageros.

Dica 6: Bagagens diferentes para viajar de carro, ônibus ou avião

Tem diferenças. O avião tem limites de peso e dimensão (nunca esqueça de checar antes com a cia aérea). Então temos que nos adaptar se não quisermos pagar excesso. E agora com esta nova modalidade de o valor do despacho das bagagens não estar incluído nas passagens, quanto mais leve e menor melhor. Viagem de ônibus você não paga o excesso, mas deve também não exagerar.

De carro, depende se você vai com o seu carro ou não e em quantas pessoas irão neste carro, não seja indelicado de fazer uma mala gigante que ocupará todo o porta-malas. Agora, se for sozinho de carro, deita e rola!

Boa viagem!

 

Certificados e Prêmios



Realizações Cemara
Realizações Cemara
Realizações Cemara
Realizações Cemara