Envie um e-mail agora

Nome

E-mail

Interesse em

Telefone

Celular

Estado

Cidade

Indique abaixo como conheceu a Cemara

Mensagem

27 dicas para combinar cores e estampas

31 de dezembro de 2011 | Por cemara

Coordenar diferentes tons e desenhos é essencial para colorir a casa com bom gosto. Aprenda truques dessa arte

 

Para uma casa em sintonia, a dica é eleger sempre uma cor de destaque, que deve estar em maioria no ambiente, e preencher o espaço com outros detalhes coloridos

 

Apostar em tons vibrantes e em combinações inusitadas pode ser uma ótima alternativa para dar mais vida ao seu lar. Ainda mais em tempos de cores vibrantes e ousadia em alta. “O básico se tornou muito pouco”, afirma a arquiteta Viviane Lima. “É preciso imprimir personalidade ao projeto”, completa a decoradora Marília Caetano.

Mas mesmo com tamanha liberdade é preciso tomar cuidado para não exagerar. Para não errar, consultamos alguns especialistas para solucionarem as dúvidas mais comuns nesse quesito. Confira.

1 – É possível misturar, no mesmo ambiente, mais de uma cor vibrante?
Sim, essa tendência chama-se color block (bloco de cores) e está em alta. No entanto, é preciso ter cuidado para escolher tons que resultarão em uma composição harmônica. A dica é eleger sempre uma cor de destaque, que deve estar em maioria no ambiente, e preencher o espaço com outros detalhes coloridos.

2 – Roxo combina com amarelo?
Sim! O amarelo vai bem com diversas cores, e o roxo é uma delas. Nesse caso, um tom complementa o outro – o amarelo aquece os ambientes, enquanto o roxo é responsável por garantir a harmonia que não pode faltar em um lar.

3 – É uma boa ideia escolher armários coloridos para a cozinha?
Claro, esta é uma sugestão bem-vinda sempre. Cores na cozinha ajudam a dar aconchego, estimular o apetite e trazer personalidade. Além disso, o armário colorido nos remete a um estilo retrô, que está em alta nos projetos de decoração. Vale apostar nas combinações de cinza com amarelo, laranja com azul-marinho e até optar por detalhes vermelhos.

 

É possível combinar estampas diferentes, só tome cuidado para elas criarem uma composição harmônica

 

4 – Posso colocar almofadas com estampa xadrez em um sofá listrado?
O mix de estampas veio para ficar. Na decoração essa história não poderia ser diferente. O sofá da sala ficará lindo com uma composição de desenhos, desde que você faça isso em apenas uma peça (nada de usar a mesma solução em outro sofá ou nas poltronas). Também é preciso saber escolher as estampas para que uma não roube a atenção da outra, o que pode deixar o ambiente pesado. Opte por tons complementares, que fiquem harmônicos, como azul-claro com rosa, cinza com amarelo ou rosa e lilás com branco, entre outros.

5 – Detalhes listrados combinam com estampas florais?
Sim, a regra é a mesma que a do xadrez. Mas redobre a atenção no momento de escolher as cores das estampas, elas devem criar uma composição harmônica.

6 – Se a ideia é pintar o teto com uma cor vibrante, também posso usar uma tinta colorida na parede do mesmo ambiente?
Pode sim, mas muito cuidado na hora de escolher a cor para não ficar muito pesado. Evite cores escuras no teto, pois elas ajudam a achatar o ambiente. Escolha sempre as mais claras, como amarelo e rosa. Nas paredes há uma liberdade maior para criar, mas as cores escolhidas devem estar em sintonia. Evite: vermelho + preto, verde + vermelho, rosa + roxo e azul escuro + verde, entre outras.

7 – No caso de papel de parede, é possível misturar estampas diferentes no mesmo ambiente da casa?
Os mais recomendados são a dupla floral e listrado, xadrez e listrado ou até mesmo poás e listras. Mas não esqueça que o que vale de verdade é a composição de cores. Uma deve sempre complementar a outra e não roubar a atenção.

8 – Caso as paredes de um ambiente sejam pintadas com cores vibrantes, os estofados devem ter, necessariamente, tons mais neutros?
Nada impede que sua parede seja amarela e o sofá azul, por exemplo. Mas o risco de errar é maior. Escolher estofados de tons neutros é uma boa saída para quem deseja complementar o espaço com objetos de decoração e detalhes mais alegres. Se a ideia é não colocar muitos “cacarecos”, fique à vontade para escolher um sofá bem vivo. Tudo depende da proposta inicial do projeto – se é ousar ou ter uma decoração mais clássica.

9 – Qual é a melhor maneira de inserir estampas geométricas sem deixar o ambiente pesado?
Estas são as estampas mais democráticas na hora de criar uma composição. Seus desenhos se complementam naturalmente e convivem em sintonia. Não tenha medo.

10 – Se o objetivo é ter uma cortina estampada, qual é o desenho mais indicado?
As listras são as melhores opções, pois alongam. Não tenha medo de escolher um sofá xadrez, por exemplo, para colocar no mesmo ambiente. As estampas se complementam e deixarão o projeto descontraído.

11 – A combinação de amarelo com vermelho é bem-vinda na sala de estar?
Muito cuidado nessa hora! Estamos entrando em uma zona de perigo, pois se trata de dois tons quentes, o que pode cansar. A sala é um lugar para receber e ficar um bom tempo conversando com as visitas, então o melhor é escolher apenas um tom vibrante de destaque.

12 – Ter um ambiente monocromático é uma boa pedida?
Nem sempre. O ideal é escolher uma cor de destaque e complementar com outras, desde que elas estejam em pequenos detalhes. Essa solução ajuda a quebrar a sobriedade.

 

Escolher estofados de tons neutros é uma boa saída para quem deseja complementar o espaço com objetos de decoração e detalhes mais alegre

 

13 – Fazer uma composição com diferentes estampas em um sofá ou até mesmo em uma parede de azulejos pode ser uma boa opção?
Sim, o patchwork veio para ficar e é uma boa maneira de dar um ar mais jovem e descolado ao ambiente. Procure escolher tons que se harmonizem.

14 – Posso colocar quadros coloridos em um ambiente que já tem tons vibrantes?
No caso dos quadros, a melhor opção é comprá-lo antes de começar a decorar e transportar algumas de suas cores ao projeto. O efeito fica incrível.

15 – Papéis de parede ou azulejos com estampas grandes são bem-vindos?
Sim, mas é preciso atenção nessa etapa. As estampas maiores ficam bem apenas em ambientes amplos e sem muitos móveis. Caso contrário, podem dar a sensação de que o espaço é menor. Também é importante dosar nas cores ao redor, opte por tons neutros em móveis e complementos de decoração.

16 – De que maneira é possível usar o preto na decoração?
Se a ideia é usar a cor em uma parede, escolha áreas menores – ela pode fazer o ambiente parecer menor. O preto deve ser usado com moderação nos projetos, sempre em companhia de tons mais claros. Evite usar cores mais sóbrias junto com a tonalidade, como azul-marinho e cinza.

17 – As cores quentes são boas opções para ambientes com metragem reduzida?
Tons mais vibrantes não são as melhores escolhas para áreas menores. Em alguns casos, achatam o espaço. Dê preferência a tons neutros como base e deixe o colorido apenas em detalhes.

18 – Papéis de parede com estampas listradas caem bem em qualquer ambiente?
As listras são ótimas escolhas, pois dão fluidez ao espaço. Coloque em cozinhas estreitas e em corredores.

19 – Tapetes coloridos podem ser usados em qualquer ambiente? Há alguma restrição?
Depende da proposta do projeto. Se a ideia é ter um espaço mais decolado, abuse da cor no tapete. Só não esqueça de dosar com tons mais sóbrios ao redor para não deixar o ambiente carregado. Dê preferência a cores escuras, assim a sujeira não aparece com maior facilidade.

20 – O azul cai bem em todos os ambientes da casa?
A cor é sempre boa opção, mas é preciso ter cuidado ao usá-la. Sozinho, o azul pode ficar monótono. Prefira combiná-lo com outros tons vibrantes, como rosa e lilás.

21 – Um ambiente completamente branco também pode cansar?
Um espaço totalmente branco pode ficar frio demais. Coloque um pouco de cor para dar aconchego. O lilás é sempre recomendado para quebrar a monotonia.

 

O azul é uma boa opção de cor para dar um colorido à casa

 

22 – De que forma é possível usar o cinza em casa?
A cor é uma ótima companhia de muitas outras, como o rosa, o turquesa e o vermelho. O tom é fácil de combinar e ainda imprime aconchego. Use e abuse em salas de estar, quartos e até mesmo no ambiente de jantar.

23 –Qual é a combinação de cores impossível de errar, sem ficar no básico?
Aposte no turquesa com vermelho. São tons que nasceram um para o outro, se complementam e, juntas, dão vida ao ambiente sem deixá-lo carregado.

24 – O tom da madeira fica bem com qual cor?
Uma das mais recomendadas é a laranja. Se você tiver um painel de madeira em casa, por exemplo, uma boa opção é colocar diversas almofadas laranja no sofá.

25 – As cores com acabamento brilhante são bem-vindas?
Muito! Prata e dourado estão em alta nos projetos de decoração. Os tons mais vibrantes com acabamento envernizado também são ótimas opções para os móveis.

26 – Como combinar as estampas dos móveis com a cor da parede?
A dica é escolher desenhos que tenham detalhes feitos com a cor usada na parede. Exemplo: se a divisória recebeu tinta amarela, as almofadas podem ter detalhes amarelos. É possível também escolher um vaso da mesma cor e por aí vai.

27 – Quais são as principais dicas para não errar a mão na hora de colorir a casa com tons vibrantes e estampas?
Não tenha medo de errar! Essa é a principal dica. Pense em cores e combinações que não vão cansar seus olhos com facilidade. O importante é se sentir bem.

Fonte: iG – Delas